34 anos. Mulher. Mãe.
Adoro ser Mulher, amo ser Mãe… mas às vezes gostava de ter nascido homem!
Não faço planos, aceito o que a vida me dá. Faço laranjada com laranjas e limonada com limão, mas se for preciso invento uma limo-laranjada.
Sinto, choro, riu, sofro, sou feliz.
Vivo os meus dias como qualquer mulher, trabalho fora de casa, trabalho dentro de casa, banho, jantar e beijinho às miúdas, ah! espera e antes de dormir… “Olá marido”,” boa noite marido”.
Escrevo sobre o que me faz feliz, escrevo sobre o que me faz triste. Escrever faz-me feliz.
Quis o destino que eu tivesse duas filhas para ver nelas a mulher que sou e todos os dias querer ser melhor.
Adoro desafios! Ser mãe é o maior desafio da minha vida.