Vilma van Harten, engenheira agrícola de formação, responsável por projectos relacionados com a diversão infantil por vocação e coração, artesã por paixão, mãe e tia por amor.

A minha infância foi passada, como a de todos os miúdos, a brincar! A brincar com os meus irmãos, com os meus amigos, com os meus pais, com a minha família. Passei muito tempo na rua a fazê-lo, a descobrir, a fazer amizades e a disputar o território com as outras crianças. Apanhei sol, chuva, calor e frio. Corri riscos, magoei-me e diverti-me. Mas, sobretudo, construí memórias felizes.

Quando era pequena faziam-me a pergunta do costume: “o que queres ser quando fores grande?” (haverá pergunta mais cruel e limitadora para fazer a uma criança? Não poderá ser ela novamente criança?). Na verdade, nunca soube responder a isso. Queria (e quero) ser tanta coisa! Ou, talvez, não ser coisa alguma, só descobrir coisas novas e tudo ser.

Acho que nasci com uma séria impossibilidade de estar sem criar. Sou incapaz de estar muito tempo sem pegar numa tesoura, em agulhas, em pincéis, em papéis, em madeira, ou outro material que me apareça à frente e é isso que me faz pensar que nasci artesã.

Sempre me imaginei a trabalhar fora de um espaço confinado. Talvez por isso tenha sido natural a minha opção por estudar engenharia agrícola (em Évora, com a planície alentejana à minha volta).

Durante o tempo que passei na Universidade, sempre sonhei em conseguir aliar a educação ambiental ao trabalho directo com as crianças, mas só depois de ter tido o meu filho é que se tornou para mim claro o que poderia fazer, tendo começado, então, a concretizar esse sonho: em 2012 fundei, juntamente com o meu marido, a B de Brincar®.

A B de Brincar® disponibiliza brinquedos e jogos diferentes feitos de materiais naturais (maioritariamente de madeira). O nosso sonho é que as crianças possam ser crianças, que possam brincar, brincar, brincar, e de preferência com brinquedos que não brinquem por eles!

Custa pensar que o brincar livremente é uma actividade em vias de extinção…