10 coisas que se pode dizer às mães à vontadinha

10 coisas que se pode dizer às mães à vontadinha

As mães são uma classe muito sensível.

Habituam-se a ser mulheres, amigas, conselheiras, orientadores de uma casa que transformaram em lar, confidentes, apaziguadoras, juízes e principalmente mães, e  talvez por isso sejam campeãs a atirar outras mães para o banco das rés no tribunal da maternidade.

Porque a mãe é que sabe mas cada uma à sua maneira.

Esta geração de mães, na qual a minha mulher está inserida, é a mais irritante, competitiva e opinativa de todos os tempos. Hoje em dia, quando o tema são os filhos ou maternidade a margem para fazer conversa, sem que alguém se sinta ofendida, é muito curta. Tem de se escolher muito bem as palavras usadas e com a quantidade de informação acessível na net (nem sempre fidedigna) e a troca de ideias nas redes sociais e fora delas, não há mãe que resista a não dar palpites sobre educação, maternidade ou amamentação a qualquer mamífero com uma cria ao colo.

Nada se pode dizer às mães.

Obviamente que não estou a dar novidade nenhuma quando vos digo que num grupo de mães não se pode sugerir que alguém está a fazer algo errado. Não se pode insinuar que ser mãe a tempo inteiro não é um emprego a sério, nem que o leite adaptado é pior/melhor que leite materno. Não se pode sugerir que ter dois filhos é mais fácil que ter apenas um, e nem pensar em dizer que usar sling é melhor/pior que usar carrinho.

Algumas mães defendem-se com unhas e dentes, outras apenas se manifestam corporalmente – um suspiro mais prolongado, um revirar de olhos ou até um levantar de sobrancelhas. Nem on-line podemos fazer um comentário sem que tenhamos dezenas de mães assustadoras de olhos postos no post (ou comentários menos próprios…)! O melhor mesmo é abstermo-nos de comentar.

Infelizmente, quando também somos pais, é quase impossível não falar sobre o tema, e não estamos, obviamente, imunes a meter o pé pela argola.

A pensar nisto fiz uma pequena lista das coisas que se pode dizer a qualquer mãe sem gerar “fricção”:

  1. Bom dia
  2. São tão giros! / Estão tão crescidos
  3. Sim
  4. Deixa estar que eu agarro a porta
  5. És a minha heroína
  6. Estás ótima!
  7. Como é que consegues fazer tudo?
  8. Como achares melhor.
  9. Grátis
  10. Mais vinho?

E é, basicamente, isto.

Porque as mães são uma chatas. E ter filhos é uma chatice. O que não quer dizer que não valha a pena. Aliás, os miúdos são fantásticos. Bem, os meus são fantásticos! Os teus são irritantes e indisciplinados e não sabes educa-los.

Desculpa,

quero dizer, Estão tão crescidos!

Baseado e adaptado por Up To Kids®
do original 
The Only 8 Things You Can Safely Say to Parents, publicado no Scary Mommy

Todos os direitos reservados

Revista digital destinada a pais e educadores de crianças incríveis! 😀
Digital Magazine , Up To KIds

Contamos com mais de uma centena de especialistas que produzem conteúdos na área da saúde, comportamento, educação, alimentação, parentalidade e muito mais.  Acreditamos em Pais reais, com filhos reais. 

Gostou deste artigo? Deixe a sua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.