4 presentes imprescindíveis para as crianças antes do novo ano

4 presentes imprescindíveis para as crianças antes do novo ano

4 presentes imprescindíveis para as crianças antes do novo ano

Estamos na altura das listas. Das listas de presentes verdadeiros e de presentes metafóricos.

Trago uma lista de quatro presentes imprescindíveis para darmos às Crianças.

1. Perspetiva

Imagine que sempre que lhe acontecia algo de grave, como uma discussão, uma injustiça no trabalho ou um acidente, os vivesse como se fosse a primeira vez. Imagine que não tem experiência nenhuma, que não faz ideia de que os assuntos se vão resolver.

Como se sentiria? Podia ser avassalador. Essa falta de experiência, essa falta de perspetiva, existe nas Crianças.

Tentemos dar às Crianças uma noção de perspetiva, com calma, explicando as vezes que forem necessárias, escutando o que têm a dizer. Tentemos ajudá-las a ultrapassar a falta de experiência através da reflexão.

2. Técnicas de controlo do stress

Quais são as suas técnicas preferidas para controlar o seu stress? Onde as aprendeu? Como se sentiria se não as dominasse?

Agora veja as Crianças. Elas podem simplesmente não conhecer ou dominar uma técnica de controlo de stress que se adapte à sua personalidade. Façamos por ensinar, com determinação, as melhores técnicas de controlo do stress, exercitando a nossa tolerância quando sentimos que as Crianças não agem da melhor forma, apenas por falta de conhecimento.

3. Diálogo, comunicação e conversas.

Como tem sido a experiência com a Covid-19 na escola dos seus filhos? Tem dado oportunidade para as Crianças conversarem sobre o que se está a passar e sobre o que estão a sentir? A experiência tem sido nova para todos. Para as Crianças é fundamental terem momentos de conversa sobre os confinamentos, sobre as “bolhas”, sobre as regras, sobre a tensão, sobre o medo e sobre a esperança.

4. Ajudemos as Crianças a focarem no que podem controlar.

A sensação de controlo e de eficácia faz toda a diferença na hora de recuperar de uma adversidade. Como podemos ajudar as Crianças a terem o foco no que podem controlar? Como deixar claro quais são as situações que estão fora da sua área de intervenção? Podemos, por exemplo, construir listas em conjunto com as Crianças.

Aceita o desafio?

Agora basta embrulhar estes presentes com muito amor.

Referências Healy, M (2018). The Emotionally Healthy Child. Novato, CA: New World Library

Gosto de iniciativas “sem tretas” e com alma. Como a Up to Kids, por exemplo.

A criação do Mundo Brilhante permite-me visitar escolas de todo o país e provocar os diferentes públicos para poderem melhorar. Agitamos. Queremos deixar marcas.

Gostou deste artigo? Deixe a sua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.