A tua família não é disfuncional

A tua família não é disfuncional

A tua família não é disfuncional

(…) e de entre várias problemáticas que atingem o “livro” mundial, onde todos somos personagens, eu destaco, hoje, o das famílias disfuncionais. É na Família que a criança dá os primeiros passos na sua formação como ser humano.

É a Família, que terá presença constante e assídua na vida da criança, na sua formação e na relação que mais tarde, estabelecerá consigo própria e com o mundo. Com este mesmo Mundo, que a cada dia se torna mais exigente, mais competitivo, exigindo da criança uma “dança de cintura” exaustiva para fazer face a todos os desafios.

Imaginem agora quando essa criança nasce e cresce numa família disfuncional

Hoje em dia há muito o cliché do comentário “a minha família é disfuncional!”. Não. Uma família que tem um ou vários filhos, que andam sempre a correr de atividade em atividade, que um filho é hiperativo ou está no espectro do autismo, que os pais são casados ou separados, mas que todos tentam dar o seu melhor sempre que conseguem, não é uma família disfuncional. É  uma família real.

Só estando dentro de uma família, conseguimos ter noção do seu funcionamento patológico.

Acompanhei bem de perto a dinâmica e toda a vivência de uma criança inserida numa família disfuncional. Posso afirmar que cheguei a temer pela minha sanidade mental!

A definição de família disfuncional transporta-nos para um tipo de família conflituosa. Onde a dificuldade em comunicar entre os vários elementos, faz dela, não funcional na sociedade em que está inserida.

Na família disfuncional, os conflitos, a má conduta e muitas vezes o abuso por parte de um elemento ocorre continuamente. Isto levará a que os outros membros da família se acomodem com tais comportamentos.

Crianças que nascem neste contexto, crescem com a ideia de que tal convívio é o normal.

As regras, continuamente alteradas, estão sujeitas aos caprichos da pessoa que está “no comando”- Levam a criança a perder-se no entendimento das mesmas, pois o que hoje é proibido, amanhã já não o será.

Estas crianças são caracterizadas pela timidez, solidão e isolamento.

Têm dificuldade em se relacionar-se com os seus pares, tendo por isso, poucos amigos. Sentem-se como estranhos na família, ignoradas por pais e familiares. Não são comunicativas, sofrendo, muitas vezes uma instabilidade emocional que pode conduzir a doenças do foro psicológico.

.Os pais são sempre figuras autoritárias, não permitindo nunca que a sua palavra seja questionada.

Não existe negociação, chegando muitas vezes ao extremos da criança perder a liberdade de expressar o que sente. Assim, fecha-se na sua concha, tentando encontrar justificação para o comportamento daqueles que deveriam estar mais próximo. Que deveriam ajuda-lo a criar estrutura para que, mais tarde, consiga lidar com o mundo.

Enquanto nas famílias saudáveis os pais tentam criar gradualmente uma independência nos filhos, para os pais disfuncionais isso é uma afronta!

Estas crianças possuem uma baixa auto estima, pois são confrontadas, diariamente, com comentários como:

  • Quem pensas que és”;
  • “Achas que mandas alguma coisa”;
  • “Cala-te, porque já te mandei calar”.

Aos poucos vão perdendo a sua identidade dentro da família, não conseguindo identificar o seu papel dentro da mesma.

Dentro de uma família disfuncional, existem “regras” impostas, nunca faladas/negociadas, ditadas por uma ditadura parental.

Uma criança nascida numa família disfuncional será um adulto que se sentirá diferente dos seus pares.

Terá muita dificuldade em confiar nos outros, procurando sempre afirmação. Viverá numa confusão de emoções sem as conseguir identificar nem falar sobre elas. Não aceitará quaisquer críticas pessoais e não conseguirá concluir projetos.

Estes adultos habitualmente tentam controlar circunstâncias e relações, reagindo de forma extrema a mudanças sobre as quais não consigam ter controlo, pois vivem num mundo imaginário onde há muito a realidade se esfumou.

imagem@contioutra

Gostou deste artigo? Deixe a sua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Verified by MonsterInsights