Pais divorciados

Carta de um filho aos Pais divorciados

As separações podem ser complicadas e feias. Mas quando envolvem filhos, os pais deviam sempre pensar neles em primeiro lugar. Infelizmente, em muitos dos casos, isso não acontece.

Vejam a carta que este filho escreveu aos seus pais, que travam lutas em tribunal pela sua guarda.

Carta de um filho aos Pais divorciados

Queridos mãe e pai:
Sei que estão a sofrer . Eu também estou. Eu sinto a tensão entre vocês e isso afeta-me. Apesar de ser uma criança e não conseguir expressar verbalmente  o que se passa nas nossas vidas, sinto o impacto na mesma.

O meu coração parte-se sempre que tenho que abdicar de um de vocês. Já não me sinto seguro. Por favor, não assumam que sou forte. Por favor não assumam que a minha vida será exactamente como era antes e que vou continuar a sentir o mesmo amor por cada um de vocês. Sou um ser humano, tal como os pais. As minhas necessidades são iguais às dos pais. Preciso de amor, estabilidade, consistência, afeto, compreensão, paciencia, e acima de tudo preciso de sentir que sou desejado.

Quando discutem por minha culpa ou me usam como argumento, a mensagem que recebo é  que ganhar a discussão é mais importante do que a minha vida. Assim aprendo que é melhor ter razão do que ser amado.
Estão a ensinar-me que sou filho de uma pessoa que não é amada e que estava enganada. E que de certa forma eu também fui um engano.

ARTIGO RELACIONADO |
COM FILHOS ANTES UM BOM DIVÓRCIO QUE UMA GRANDE SEPARAÇÃO

Quando me confidenciam a vossa mágoa estão a interiorizar uma dor aguda no meu coração, e a roubar-me a minha infância.
Estão a mostrar-me que o amor não é incondicional. Que não devo amar porque vou sofrer e nunca vou conseguir recuperar.
Os pais podem não perceber isso agora, até porque sou tão novo que ainda não estão a pensar como isto me afectará de futuro, mas estão a abrir portas à possibilidade de eu me querer divorciar de mim próprio devido ao vazio que construí no meu coração, e que colocou a minha segurança em risco.
A minha segurança depende dos pais. Sem vocês e a vossa segurança estou sozinho no mundo.
Isso vai fazer-me ganhar medos irracionais porque vou estar sempre entre o lutar ou fugir das situações que me aparecerem o resto da vida.
Um dia, com o tempo, este choque irá desaparecer.  Mas a forma como os pais escolheram lidar com esta crise ficará marcado para sempre.
Ou sentirei o egoísmo, a falta de apoio e protecção, ou ficarei com uma cicatriz no meu coração com uma mensagem que diz: “As coisas boas acontecem às pessoas boas”.

Então eu sou má pessoa.

Atenciosamente,
O filho do divórcio

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=txpgqnZmobM]

Video em The Child of divorce

Revista digital destinada a pais e educadores de crianças incríveis! 😀
Digital Magazine , Up To KIds

Contamos com mais de uma centena de especialistas que produzem conteúdos na área da saúde, comportamento, educação, alimentação, parentalidade e muito mais.  Acreditamos em Pais reais, com filhos reais. 

3 thoughts on “Carta de um filho aos Pais divorciados
  1. Sou divorciado e a unica coisa que quero e prteger a minha “”Margarida”” pois ela foi uma Crianca muito desejada por mim e pela Mae, contudo a nossas vidas nao resultaram, mas ficou a “Margari” e isso nunca nos podemos esquecer e teremos de fazer tudo para a proteger!!!!

Concorda com este artigo? Deixe a sua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.