Como assegurar uma entrada mais tranquila na creche

Como assegurar uma entrada mais tranquila na creche

Como assegurar uma entrada mais tranquila na creche

Tudo o que o seu filho precisa que lhe assegure na sua entrada para a Creche.

Olá Creche.
Eu estou quase a chegar. Estou quase a entrar por essa tua porta colorida, sorridente e pronto a descobrir um novo mundo, repleto de descobertas e muitas conquistas!

Desde que eu nasci, já passaram alguns meses.

Tive muito miminho e atenção só para mim. Entre colinhos da família e dos amigos da família, essencialmente na minha casa. Mas, agora, é tempo de criar novos laços! Este vai ser um marco importante. Para mim e para os meus pais.

Eu estou um pouco nervoso, mas acho que os meus pais ainda estão mais!

Por isso, querida Creche, para ajudarmos os meus pais a ficarem mais calmos, e para que eu me sinta corajoso e entusiasmado por passar aí o dia, tens de garantir aos meus pais que me vais proporcionar um ambiente seguro, um serviço que respeita as necessidades, momento a momento, de cada criança e que me vais oferecer desafios promotores de um desenvolvimento harmonioso.

Sim, eu quero aprender.

Eu quero aprender a raciocinar e a usar a lógica. Sim, eu quero aprender a gerir as minhas emoções. Eu quero desenvolver os meus músculos, e tornar-me mais ágil.

Sim, eu quero aprender a respeitar regras e as rotinas e a controlar o meu comportamento. Eu quero fazer novos amigos e… Quero brincar muito!

Acima de tudo quero crescer a brincar! E, ao final do dia, correr para os braços dos meus pais, de coração cheio e feliz!

Vou contar-te um segredo.

Foi muito importante para os meus pais, quando te foram visitar pela primeira vez. Puderam conhecer as tuas instalações, as pessoas que cuidam das crianças, as rotinas de todos os dias, as atividades que as crianças podem fazer e o projeto educativo que norteia o nosso quotidiano.

Sinto-me preparado.

Os meus pais têm falado comigo sobre as novidades que se aproximam. Felizmente, não decidiram fazer-me uma surpresa e só me falar de ti, no primeiro dia. Aliás, foi muito bom poder já ter feito uma primeira visita e conhecer a minha educadora e a auxiliar da minha sala.

Sei que vou poder brincar muito, aprender imenso, conhecer novos amigos

Também sei que a primeira semana será de adaptação e que vou começar por ir por poucas horas, nestes primeiros dias. Isso vai ajudar-me a “separar-me” dos meus pais, com menos receios. Os meus pais também me garantiram que se vão despedir sempre de mim, com um beijo, um abraço e um sorriso, mesmo nos dias em que as minhas lágrimas teimem em percorrer a minha cara, tentando dizer que aquela despedida está a custar mais. Eles prometeram que nunca vão sair sorrateiramente. Assim sei que não me vou sentir inseguro, nem desconfiado.

Também sei que vou poder levar o meu amigo ursinho para a creche.

Poder levar algo especial da minha casa, para me acompanhar durante o dia, dá-me ainda mais conforto e segurança.

Querida Creche, sei que tudo vai correr bem. E os meus pais, apesar de nervosos, também!

Não tarda estarei a correr alegremente nos teus corredores.

Até já,

O teu novo amiguinho

Acredito que cada criança tem dentro de si um potencial imenso.

Cada flor, com as suas características próprias, constitui um desafio especial e único em terapia.

Concorda com este artigo? Deixe a sua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.