Como escolher as atividades de Verão das crianças?

Como escolher as atividades de Verão das crianças?

As atividades de Verão das crianças

Muitas vezes as férias das crianças são um verdadeiro desafio para os pais que continuam a trabalhar e, muitas vezes, não têm rede de suporte para deixar as crianças ou para ocupar o seu tempo de forma produtiva.

Assim começa a procura por atividades de férias que possam ser um complemento à família na fase de férias escolares das crianças e trabalho dos pais.

E é aqui que geralmente acontecem alguns confrontos pais/filhos.

Os filhos, principalmente os mais crescidos, nem sempre aceitam com facilidade a frequência de atividades de Verão. Ou porque não têm consigo os seus amigos, ou porque não gostam das atividades, ou simplesmente porque preferiam ficar o dia em casa, mesmo que sozinhos.

Como escolher as atividades de Verão das crianças?

Quando chega a hora de escolher as atividades de Verão das crianças e adolescentes devemos ter sempre em consideração os seus gostos e interesses. As férias são tempo de relaxar, de brincar e de recuperar energias e não devem ser sinónimo de atividades sob a forma de obrigação.

É verdade que no período de férias podem ser desenvolvidas diversas competências. No entanto, também é verdade que essas competências serão tão mais desenvolvidas quanto mais relação e interesse a criança ou o adolescente tiver na atividade que está a fazer.

Assim chegada à hora das férias:

Converse com o seu filho sobre que tipo de atividade ele gostava de fazer para ocupar as férias.

Algumas crianças podem preferir arte, outras desporto, outras praia. Tudo vai depender dos interesses e competências individuais de cada criança

Lembre-se que as férias são da criança ou do adolescente e não dos pais.

Por isso, mesmo que os pais adorem teatro, se a criança não gosta, colocá-la no teatro só irá trazer atrito e desgaste durante as férias. Só vai transmitir a ideia à criança ou adolescente, de que os pais não a ouvem e não conhecem os seus interesses.

Apresente várias opções

Se a criança não tiver interesses expressivos, mostre-lhe várias possibilidades. Conduza-a por diferentes opções para a auxiliar na tomada de decisão. Para que assim, as atividades de férias cumpram a sua função, representando momentos de diversão, de descanso e de aprendizagem de forma fluída e leve para pais e filhos

Por Cátia Lopo & Sara Almeida, Psicólogas Clínicas

A Escola do Sentir, promove o desenvolvimento emocional e social do indivíduo.

No mundo infantil, a Escola do Sentir prima e anseia por uma educação holística, focada na criança/adolescente, alicerçada numa intervenção com pais e numa forte vertente de intervenção social e comunitária.

Concorda com este artigo? Deixe a sua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.