Como tornar os filhos mais positivos em relação à escola

Como tornar os filhos mais positivos em relação à escola

Como tornar os filhos mais positivos em relação à escola

A Escola não são só os recreios.

Não são só os amigos. A Escola são aulas. Nessas aulas, não são os conteúdos que são rei. Essas aulas também são laboratórios de ideias, de comportamentos e de futuro. 

Por isso, é importante os alunos estarem bem nas aulas. É relativamente fácil (embora também possam existir problemas), estar bem no recreio. Estar com uma atitude positiva nas aulas pode ser mais desafiante, até porque as Crianças estão com o cérebro em mudança. 

Os Pais podem ajudar os filhos a ficarem mais motivados. Os Pais podem ajudar a criar uma mentalidade de trabalho, de pesquisa e de curiosidade. Claro que o papel do Docente é fundamental, mas os Pais também têm um papel incrível.

A frase “a escola ensina, a família educa”, está, no mínimo, no limiar da parvoíce.

A Escola precisa da família, mas também está lá para as Crianças e Jovens cuja família não pode, ou não tem condições. E até tem que estar lá para as famílias que não querem. A Escola faz sempre tudo para o desenvolvimento integral de todas as Crianças e Jovens. Tudo. Ou seja, a escola Educa. 

Com o apoio das famílias tudo ficaria (ainda) melhor. 

Os Pais que desejam mesmo ajudar, podem sair beneficiados, se refletirem sobre estas ideias que trazemos. 

Aqui vão 5 ideias ideias  para ajudar os filhos a serem mais positivos com as Aulas. 

1 – Tenha um bom ritual de despedida 

Quais são as últimas palavras que diz ao seu filho quando o deixa na Escola? Já pensou nisto?

 Provavelmente, diz sempre o mesmo, de forma já automática. “Porta-te bem!”, “Boa escola”. “Até logo”. Seja o que for, está ótimo. Mas gostava que pensasse comigo…será que podemos melhorar?

 Algum de nós pensa em dizer algo como: “Sê feliz!”? Ou como: “Ajuda os teus colegas, e escuta os teus professores, as aulas são importantes!”

Os nossos filhos passam muito tempo na escola. Esta última frase quando os deixamos, pode ser um ritual. O tempo é escasso, bem sei, no entanto, tornarmos este momento em algo consciente, pode deixar uma marca positiva.

Torne a despedida num ritual que lembre que as Aulas são importantes. 

2 – Ao fim de semana, faça uma partilha inspiradora

E ao longo do fim de semana? Fazemos alguma referência à Escola, sem ser falar de trabalhos para casa ou do resultado dos testes? Como podemos, no fim de semana, ajudar a Escola? 

Contando alguma história pessoal, onde a aprendizagem é atriz principal. Falando de um professor que nos marcou pela positiva. 

Podemos trazer boas recordações, para motivarmos os nossos filhos a criarem agora as suas motivações. 

Podemos falar de uma postura que tivemos e que ajudou a aula a ser uma aula fantástica. 

3 – Menos lamúria, mais ação 

Quando leio ou escuto que a Escola “está ultrapassada”, por um lado fico triste. Tem muito de injustiça. Cada vez mais, as Escolas estão atentas aos Pais que desejam colaborar, acrescentar e falar. (Por exemplo, faço cada vez mais Palestras em contexto escolar, convidado pelas Escolas preocupadas).

Há cada vez mais projetos que pretendem diminuir o fosso entre o cognitivo e o emocional. A Escola está (talvez devagarinho), a mudar. Nós, Pai, podemos contribuir. 

Vamos estar informados e atentos aos projetos. 

Vamos substituir lamúrias por ação. 

4 – Aparecer de surpresa 

Quando aparecemos de surpresa para ir buscar o nosso filho ao portão da Escola, estamos a dizer-lhe que estamos presentes. Quase todos nós sabemos que os nossos filhos são bastante diferentes na companhia dos colegas. E nem sempre são diferentes para melhor. Quando nos veem, eles mudam. 

Quando chegamos de surpresa, estamos a dizer que estamos ali, que estamos atentos,…

5 – Há reuniões que não podem ser substituídas por e-mails 

Nas Escolas por onde me movimento há 20 anos, sempre encontrei alunos que dizem, tristes, que os Pais não podem vir às reuniões porque trabalham muito. 

Será que não podemos mesmo fazer um esforço ? 

Também vejo que são maioritariamente as Mães que vão às reuniões. E isto não é mau, desde que não seja sinal de ausência do Pai na Educação.

Ver a alergia dos alunos quando os Pais vão à Escola, prova que estamos no bom caminho.

Não há caminhos fáceis.

As pistas e as dicas (que  eu também dou), são apenas dicas e pistas. O trabalho de fundo, interno, com apoio de um bom psicólogo com experiência, faz a diferença. Parabéns aos Pais que desejam melhorar. Parabéns a todos os que sabem que ESCOLA e CASA têm que estar alinhadas. 

Para terminar, gostava de deixar outra reflexão. A esta lista, podia acrescentar muitas coisas, tais como:

  • Seja curioso, estimule a curiosidade, ajude o seu filho a ver as Aulas como algo amigo da curiosidade;
  • Melhor a sua higiene de sono. Ajude o seu filho a dormir as horas certas. As Aulas agradecem;
  • Veja se estão a beber água suficiente;
  • Procure os bons exemplos das escolas, os pontos fortes, seja otimista e espalhe esperança;

Sei que nem todos temos a mesma facilidade em fazer o que achamos certo. Mas podemos sempre  pedir ajuda. 

Gosto de iniciativas “sem tretas” e com alma. Como a Up to Kids, por exemplo.

A criação do Mundo Brilhante permite-me visitar escolas de todo o país e provocar os diferentes públicos para poderem melhorar. Agitamos. Queremos deixar marcas.

1 thought on “Como tornar os filhos mais positivos em relação à escola

Gostou deste artigo? Deixe a sua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Verified by MonsterInsights