Como criar um Quarto Montessoriano

Como criar um Quarto Montessoriano

Como criar um Quarto Montessoriano

As crianças são amadas desde que são um feijão na barriga da mãe. Os pais aguardam ansiosamente a chegada do bebé, e enquanto esperam vão preparando tudo o que será necessário para a criança nos primeiros meses de vida. Compram ou fazem roupa, preparam a família, especialmente os irmãos, deixa-se feita a mala da maternidade, e até se monta todo o quarto do bebé.

O quarto é a divisão da casa onde o bebé passará mais tempo: é um quarto de dormir e de brincadeira, um sítio onde pode relaxar, brincar, dormir, mas acima de tudo, onde podea crescer e desenvolver-se livremente e em segurança.

Os pais podem escolher a decoração do quarto do seu filho, apenas, seguindo uma questão estética/funcão, ou podem seguir algum método como aquele que iremos falar a seguir, o Método Montessoriano.

O Método Montessoriano

Apenas para esclarecer, o Método de Montessoriano, como o nome indica foi criado e desenvolvido por Maria Montessorimédica, educadora e primeira mulher italiana diplomada em medicina.

Este método propõe a criação de um ambiente adequado e produtivo para o desenvolvimento da criança. Pela filosofia de Maria Montessori, o quarto das crianças deve ser montado e estruturado de acordo com a ótica da criança e não do adulto, de maneira que os miúdos circulem livremente e em segurança no seu ambiente e explorem as coisas que estão ao seu alcance.

O ponto mais importante do método não é apenas a escolha dos materiais ou sua prática, mas a possibilidade de libertar a verdadeira natureza do indivíduo, promovendo o desenvolvimento da educação com base na evolução da criança.

Num local rico e estimulante, a criança torna-se capaz de aprender sozinha através das suas próprias experiências, desenvolvendo-se de forma espontânea, criativa e saudável!

Montessori_parede

Deixamos aqui os tópicos a ser levados em consideração ao montar um quarto Montessoriano são:

1) Colchão no chão

O berço é um limitador de movimento, logo é substituído por um colchão no chão ou uma cama bem baixinha, para que a criança tenha mais independência para se levantar e se deitar. Ao lado do colchão, pode-se colocar um elemento que além de amortecer uma possível queda, proporcionará estímulos sensoriais diferentes. Pode ser um colchão de campismo, almofadas variadas, um tapete felpudo, etc.

Como criar um Quarto Montessoriano. Montessori

Como criar um Quarto Montessoriano. Montessori

2) Tudo ao alcance das crianças

Os  brinquedos, livros, jogos e fotos das crianças devem ficar ao alcance das próprias, organizados em prateleiras baixas. Experimente gatinhar no quarto dos seus filhos para perceber o quanto as alturas das coisas estão desajustadas às suas necessidades.
Toda a decoração deverá, também, ser colocada ao nível dos olhos da criança.

Como criar um Quarto Montessoriano. Montessori
montessori7
montessori8

3) Minimalismo

A decoração deve ser minimalista, apenas com mobiliário essencial para que a criança possa explorar tudo o que tem no quarto. Para que essa exploração possa ser feita de forma segura, é bom abusar de materiais que proporcionem segurança aos pequenos, como tapetes de borracha, ou felpudos..
Evite acumular muitos brinquedos. Evite guardá-los em caixas, gavetas ou roupeiros sem que estejam sempre disponíveis. O ideal é ter brinquedos sempre à vista, para que a criança sinta vontade de brincar e possa escolher com o que brincar. Pode criar um sistema rotativo, em que tem meia dúzia de brinquedos à vista, e depois troca, para que a criança não se farte.

montessori

4) Proporção

Todo o quarto deve ser proporcional à criança. É uma questão de escala: para que as coisas estejam ao alcança da criança, também os móveis devem ser mais pequenos, as mesas baixas, as cadeiras apropriadas a crianças etc.

montessorii

montessori9

5) Escolha Autónoma

Ter menos brinquedos faz com que a criança conquiste maior autonomia de escolha. A criança conseguirá com facilidade escolher, entre meia dúzia de brinquedos, aquele com que lhe apetece brincar. Se houver muita oferta será mais difícil de optar, acabando a criança por não valorizar nenhum especificamente.

montessori5

6) Estímulos

Segundo Maria de Montessori, nos primeiros anos de vida a criança elabora os próprios conceitos pela ação e pelo contato com o mundo em que vive. A criança actua pela ‘mente absorvente’ e os órgãos sensoriais são os captadores das informações necessárias.

Espelho: O espelho serve para que a criança se possa conhecer e entender que é uma pessoa distinta da mãe. Quando ainda não gatinha, esse espelho pode ser instalado na horizontal, ao lado da cama. Mais tarde, pode ficar na vertical, noutra parede. Para garantir a segurança dos pequenos, é importante que o espelho seja de acrílico e fique bem preso à parede.

quartoalice3

Musica: Para o estímulo auditivo, músicas ou sons de violão ou flauta são uma boa pedida. Músicas de compositores clássicos em geral são adoradas pelos pequenos.

montessori15

Móbile: no início, o recém-nascido não consegue focar coisas que estão muito longe, por isso, o móbile deve estar a 30 cm do bebê. Além disso, no primeiro mês, o ideal é que o objeto seja preto e branco, com diferentes formas e padrões. Mais tarde, podem ser introduzidas outras cores. Os bebés novinhos adoram móbiles feitos com formas geométricas e cores fortes. Após os 3/4 meses, que a criança já agarra objetos, deve-se tomar cuidado para que o móbile não seja alcançado muito facilmente, por uma questão de segurança

montessori17

quartoalice2

 

 

Por Up To Kids®, baseado nas seguintes fontes Lar Montessori, Just Real Moms, Mimo Infantil 

 

imagens@Minha Casa Minha Cara, blogdanique, Maternar e Brincar

9 thoughts on “Como criar um Quarto Montessoriano
  1. Joana Coelho Lima diz:

    Gratidão e Alegria!!
    É uma evolução fantástica no contributo do desenvolvimento e crescimento da criança, que faz todo o sentido.
    Lembrei-me do Menino Jesus, no meu caso, mas penso que este método é transversal a todas as religiões ou mesmo para quem for isento.
    Para mim, qq bebé, independentemente do lugar do mundo onde nasce e se vai ser rico ou pobre, é um ser indefeso, cheio de amor e tudo o que de melhor há no mundo para receber, aprender e crescer.
    Estou a pensar, colaborar para a adaptação de um espaço já existente, a este fantástico método, na paróquia onde colaboro já há muitos anos. Estarei eu a pensar bem? Por já existir e não ser um espaço novo?

  2. Gostava mesmo de tentar adaptar algumas destas coisas à nossa realidade.

  3. Adorei este conceito de quarto. É seguro, confotåvel e muito educativo para o desevolvimento das crianças. Tenho uma neta que a amo muito e gostava de receber mais ensinametos para a poder ajudar no seu desenvolvimento, para ser saudável e feliz. Gostaria de receber mais informação , posteriormente, para a acompanhar, cada vez mais e melhor.
    Os meus cumprimentos e muito obrigada.

    1. Olá Maria Isabel, obrigada! Subscreva a nossa newsletter e receberá as novidades por e-mail. Basta inserir o seu e-mail no campo destinado no lado direito da home page!

  4. Adorei o conceito deste quarto. Muito prático, funcional. Gostei muito dos ensinamentos sobre o mesmo. Concordo com este conceito. Tenho uma neta que amo muito e o seu quarto, com algumas diferenças, é idêntico a este. Gostava de obter mais informações dentro deste âmbito, pensando sempre nos cuidadados a ter com o crescimento das crianças, para o seu bem estar e felicidade.

    1. Esta visao só mostra o qto é importante a criança que absorve tudo, possa simplesmente ser ela própia e desenvolvee-se de forma segura e confiante. Já desenvolvendi a sua noção do seu espaço e de como ultrapassar os primeiros obstáculos num ambiente de confiança. Mt bom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.