As 5 Palavras Mágicas da Parentalidade Positiva

Quando falo de Parentalidade Positiva há 5 palavras que estão sempre presentes no meu discurso e que, de certa forma, resumem esta filosofia educacional. E elas são:

Respeito
O respeito mútuo é a base de uma relação entre Pais e Filhos saudável e gratificante para ambas as partes, sendo por aqui que devemos começar quando pretendemos colocar em prática uma Educação Positiva.

No exercício de uma Parentalidade Positiva aceitamos a criança tal como ela é, não tendo como intenção mudá-la, mas sim ajudá-la a ser a melhor versão de si mesma. Na Parentalidade Positiva olhamos para os nossos filhos como seres não inferiores a nós, levando a que os tratemos tal e qual como gostaríamos de ser tratados. Nem mais, nem menos.

Relação
A qualidade da relação que estabelecemos com os nossos filhos é diretamente proporcional ao investimento que estamos dispostos a fazer na ligação mais importante que estabeleceremos com alguém ao longo de toda a nossa vida.

Uma relação empática, gratificante e respeitosa requer tempo, disponibilidade e muita, muita vontade de fazermos mais e melhor. Mas é também essa relação que nos traz a segurança, confiança e tranquilidade para sermos o tipo de pai e mãe que sempre desejámos ser.

Cooperação
É o que queremos dos nossos filhos. Que eles cooperem connosco e não apenas que obedeçam. Qual a diferença? Toda. Quando promovemos a simples obediência das nossas crianças elas até podem fazer o que queremos, mas pelas razões erradas. Elas obedecem (quando obedecem…) basicamente motivadas pelo medo das consequências negativas para si (palmada, castigo, ameaça, punição, etc..). Já quando cooperam, elas fazem-no porque lhes faz sentido, porque sentem que fazem parte do processo, porque escolhem assim o fazer.

E como conseguimos cooperação por parte dos nossos filhos? Respeitando-os e estabelecendo uma relação positiva com eles. Nenhuma criança ou adulto coopera com outro se não se sentir, de alguma forma, ligado a ele.

Regras
Crianças que vivem sem regras são crianças inseguras, ansiosas e sem tolerância à frustração. Numa família onde não existem regras tudo pode acontecer!!! E isso é muito assustador.

Regras e limites claramente definidos e estabelecidos de forma coerente e consistente são fundamentais na estruturação e organização psicológica e emocional dos nossos filhos. E da nossa também.

Atenção
Os estudos constatam que se os nossos filhos não receberem atenção positiva quando se portam bem, vão fazer os possíveis para atrair atenção negativa, portando-se mal. E este é o princípio básico na origem de muitos problemas de comportamento.

O segredo? Inundarmos as nossas crianças de atenção positiva (na forma de afeto, no tempo de qualidade que passamos com elas, elogiando-as) diminuindo ao máximo a sua exposição à nossa atenção negativa (com ralhetes, críticas, gritos, castigos, ameaças e palmadas), fortalecendo-se, assim, a relação.

imagem@yvision.kz

LER TAMBÉM…

5 passos para a parentalidade positiva

Atenção Positiva

Eu tornei-me na Mãe que gritava

 

1 thought on “As 5 Palavras Mágicas da Parentalidade Positiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.