Educar Para Saber Agir Numa Emergência Médica… … é o “Gesto Certo”, desde o Pré-Escolar!!

Sou Educadora de Infância e iniciei a minha prática pedagógica há cerca de 19 anos, 13 dos quais no sector público, em Jardins de Infância integrados na rede nacional de Educação Pré-Escolar do Ministério da Educação. Sou apaixonada pela minha profissão, considero-me privilegiada por realmente fazer aquilo que gosto enquanto profissional.

DSC_0901

Como qualquer Docente e como agente ativo do sistema de educação, preocupo-me em promover novas aprendizagens em contextos de intencionalidade educativa, que considero as mais adequadas às necessidades e interesses dos meus grupos de alunos.

Sendo este ano letivo, docente titular de uma turma, com idades compreendidas entre os 4 e 6 anos; considerei, desde o 1º contacto com o “Gesto Certo” (obra pioneira nesta temática), que seria impulsionador de novas aprendizagens nesta faixa etária, no que diz respeito à educação para a saúde e cidadania.

A aprendizagem do Suporte Básico de Vida e da adequada ativação do serviço de emergência médica, tornou-se uma realidade aquando da abordagem e exploração do “Gesto Certo” em contexto de sala de aula, que de uma forma lúdica e pedagógica, captou de imediato a atenção e interesse dos alunos.

A linguagem adequada e simples, assim como a ilustração composta por imagens apelativas, onde se destaca o “Rafa” (muito expressivo, curioso e simpático, com o qual os alunos se identificaram) foram meios facilitadores para a aquisição de novas competências. Competências estas que abrangeram todas as áreas de conteúdo preconizadas nas Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar.

DSC_1038

Deixo-vos aqui alguns exemplos de atividades desenvolvidas, tais como: a adoção de comportamentos reveladores de emergência de valores como o espírito de entreajuda (formação pessoal e social), o reconhecimento do número 112 e contagem até 10 (matemática); o reconhecimento e reprodução de palavras, como por exemplo INEM, o registo gráfico da narrativa (linguagem oral e abordagem à escrita), a dramatização de uma situação de emergência (expressão dramática), a elaboração de adereços e painéis (expressão plástica), a aprendizagem do Hino do Suporte Básico de Vida – “O Poder e o Saber dos Teus Gestos” (expressão musical), pesquisas diversas (tecnologias de informação e comunicação), identificação e localização de diferentes partes externas do corpo, assim como a identificação de algumas profissões e serviços (conhecimento do mundo).

APRENDER FAZENDO!! E foi isso mesmo que aconteceu com a apresentação do livro pelo autor. O Prof. Luís Pacheco de uma forma dinâmica e interativa onde os alunos fizeram parte integrante da mesma, fomentou a consciencialização da importância de sermos cidadãos responsáveis.

DSC_1060

E como o cenário educativo do Jardim de Infância possui instrumentos que permitem aos alunos participarem na sua própria avaliação, visando sempre a construção de aprendizagens integradas, também neste contexto avaliaram as atividades desenvolvidas no âmbito do tema “Suporte Básico de Vida”, no seguimento da exploração da obra em questão: “Aprendi como se salvam vidas e como se põem as pessoas a respirar outra vez” – Rodrigo (5 anos), “Aprendi a salvar vidas e ajudar pessoas a sobreviverem se tiverem caídas no chão. Ajudamos se fizermos o suporte básico de vida” – Tiago (6 anos), Quando estamos em sarilhos temos que nos ajudar uns aos outros, chamamos a Professora e a ambulância” – Mariana (4 anos).DSC_1133

“O poder e o saber dos teus gestos, podem fazer a diferença numa emergência amanhã” e através do “Gesto Certo” os mais pequenos podem mesmo aprender a salvar vidas!”

Por Cecília Ascenção, Gesto Certo,
para Up To Lisbon Kids®

Todos os direitos reservados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Instagram did not return a 200.