O Património é fixe!

Será mesmo?!

Se é daqueles que considera que o Património é algo velho, sem graça, cheio de pó ou inacessível, guardado em redomas de vidro e que poucos o conseguirão entender, muito menos os seus filhos, desengane-se!

O Património está cada vez mais vivo, através de um conjunto de acções que reforçam o seu potencial histórico e educativo. Seja para crianças, adultos ou famílias, é possível visitar o melhor do nosso Património de uma forma extremamente lúdica, onde o prazer se alia ao ócio, onde se cumpre a missão de cada entidade que gere esse bem patrimonial, isto é, conhecer para preservar.

Mas será assim tão importante levar os mais novos a conhecer o Património?

Nós acreditamos que sim. Nós sabemos que sim. Criando esta aproximação ao Património, as crianças crescem com valores de protecção e salvaguarda de um bem que é delas. Conhecer é também compreender; é fazer a ponte com tudo o que aprendem na Escola, sustentando o conhecimento que aí adquirem. É também fazer a ponte com o presente e com o futuro, projectando-se na salvaguarda da sua própria história.

O Património é fixe?

Não somos só nós que o dizemos. As nossas crianças, após conhecerem histórias e truques do dia-a-dia da boca de um pastor; de conhecer como é confeccionado o pão, sentido-lhe o sabor após ter sido cozido em forno a lenha; de descobrir a arte da pintura a fresco, escondida em igrejas cuja chave é preciosamente guardada por uma senhora da aldeia; ou a arte dos azulejos nos edifícios, que praticamente nos passa despercebida, tal é a rotina das pessoas que vivem nas grandes cidades; ou o prazer e surpresa que têm ao lançar o pião, outrora jogado pelos pais e avós; são elas que nos dizem: o Património é fixe!

Por Patrícia Azevedo, Programadora Cultural do MAPA,
para Up To Lisbon Kids®

Todos os direitos reservados®

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.