Primeira infância

O poder da música na primeira infância

O poder da música na primeira infância

A multiplicidade de variáveis que fazem parte da espécie humana permite a construção de histórias de vida completamente distintas, e sempre únicas para cada indivíduo.

Somos seres naturalmente sociais e com uma plasticidade que é moldada todos os dias da nossa vida. Desde a interacção com as nossas redes sociais, à nossa condição económica, cultural e vital, tudo isso vai determinar as nossas características individuais, ou seja, aquilo que somos e que futuramente seremos.

A primeira infância constitui-se como uma fase crucial para o desenvolvimento das diferentes competências inerentes ao ser humano. Posteriormente, estas competencias actuarão nas suas diversas áreas de funcionamento. Desta forma, entende-se que as primeiras experiências de aprendizagem são fundamentais para o resto da vida.  

A interacção das crianças com adultos significativos e materiais ajustados às suas aptidões e necessidades funcionam como pontos-chave para a construção da personalidade, autonomia e independência.

De uma forma geral, existem diversos factores que podem contribuir para o desenvolvimento harmonioso da criança.

A importância e o poder da música na primeira infância é indubitável. Sendo reconhecida como um domínio de aprendizagem das crianças, tem-se assistido cada vez mais à sua inclusão no quotidiano familiar e nos diversos programas educativos.

A música funciona como um importante precursor no desenvolvimento das aptidões linguísticas da criança. Assim como da sua inteligência, capacidade de expressão e da coordenação motora.

Para além disto, trabalha como um “objecto intermerdiário” das relações, na medida em que promove as díades constituídas por pais e filhos. Através das suas poderosas componentes, como o ritmo, a melodia e o timbre, a música facilita o trabalho relacional da criança e consequentemente o desenvolvimento das suas competências sociais.

A voz constitui-se como um dos mais poderosos instrumentos musicais. Isto enfatiza a importância dos pais como participantes num processo que alia a música ao desenvolvimento. O modo como o bebé reage ao seu pai ou mãe que canta é distinto da forma como reage a outro adulto que cante.

Sendo assim, estes devem ser motivados a permanecer como os “veículos” da musicalidade na criança no seu quotidiano. Existe uma variedade colossal de atividades que podem ser realizadas no seio familiar,promovendo o crescimento da criança e a dinâmica entre todos.

Porque não fazer uma viagem sem sair de casa?

Basta que se desenhe quatro bolas grandes de cores diferentes numa cartolina de acordo com os pontos cardeais (Norte, Sul, Este, Oeste). Posteriormente, coloca-se uma música à escolha e dança-se livremente à volta da folha. O objetivo é incentivar a criança a ir para “dentro” de um dos pontos cardeais e a identificá-lo sempre que a música pare.

Desta forma, estimula-se a coordenação motora, a atenção, a memória visual e a aprendizagem de novos
conceitos.

Uma atividade mais simples e direcionada a crianças numa idade mais precoce passa pela construção de um instrumento musical personalizado. A criança deve encher uma garrafa de plástico com água (ou massa) até um terço e decorá-la, assim como os seus familiares.
Seguidamente, coloca-se igualmente uma música de um estilo à escolha e basta acompanhar o seu ritmo com os novos instrumentos, criando uma “orquestra” familiar. Desta forma, promove-se a coordenação visual, a escuta ativa, a concentração e o trabalho de equipa.

O poder da música na primeira infância

O poder da música na primeira infância é grande e muito importante.
Sendo considerada por muitos uma obra de arte, a música é então uma forte ferramenta a ser utilizada no desenvolvimento das capacidades criativas e criadoras das famílias. A música amplia e modela as expressões de sentimentos e as percepções do mundo.

Constituindo-se como uma linguagem abrangente, esta deve ser incutida muito precocemente para que a criança possa
usufruir do estímulo, equilíbrio e felicidade que a música propicia a todo e qualquer indivíduo.

As aulas inseridas nos diferentes programas Gymboree Play & Music estimulam o desenvolvimento das crianças e gosto pela música através de canções, exploração de materiais e atividades com danças e jogos de movimento. A descoberta de diferentes ritmos e melodias promove a aquisição de competências essenciais, nomeadamente físicas, sociais e intelectuais.

O Gymboree Play & Music, como líder mundial em programas de desenvolvimento infantil, aposta no mais variado leque de estilos musicais, como o Rock & Roll, o estilo Latino ou até mesmo o Clássico. Para além disto, aborda igualmente as diversas culturas musicais inerentes aos diferentes continentes mundiais. Assim como recorda os êxitos das melhores e mais reconhecidas bandas internacionais, como os Abba, os Beatles ou os Queen.

 

Por Sara Setoco,  Professora Gymboree

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Instagram did not return a 200.