essenciais-de-verao

essenciais-de-verao

Os essenciais de verão

O formigueiro começa e vai crescendo nos pequenos e nos graúdos.

É o Verão a chegar! Prepare a família a rigor para a tão aguardada época.

Férias de verão rimam com praia. Mas também com campo. Há dicas transversais aos dois cenários. Para além dos habituais cuidados a ter – e nunca é demais relembrar – tais como a atenção a ter com as horas de exposição ao sol (até ao meio-dia, e após as 16h), a necessidade redobrada com a criança na praia (perigo de afogamento ou de se perder) e de ingestão de água, deixamos,  para os mais pequenos, os essenciais de Verão:

  • roupa fresca, com materiais naturais (bodies de manga curta, túnicas, calções largos, vestidos, t-shirts, tapa-fraldas, etc). Para as noites de menos calor, leve um ou dois casacos de malha.
  • sandálias confortáveis e flexíveis, que permitam boas caminhadas
  • fato de banho, calção de praia, fralda de natação («swim nappy»).
  • chapéu com abas bem largas, que protejam as meninges. Opte por um chapéu de algodão e/ou cânhamo, dado que são matérias-primas mais frescas.
  • protetor solar fator 50+. Vale a pena apostar num protetor solar mineral biológico, cuja acção é de barreira física da pele, em vez de ser por degradação do produto no interior da pele.
  • kit de cremes de bebé em tamanho de viagem (creme para a fralda, creme de rosto, óleo)
  • toalha de praia
  • capa respirável para o ovo/cadeirinha do carro – existem capas próprias, com uma camada interior que permite que o ar passe facilmente, evitando a transpiração. Existe também uma versão mais económica de capa protetora, que serve apenas para o assento em si e cuja ação é essencialmente proteger contra a fuga do xixi ou eventual transpiração na zona do rabinho.
  • brinquedos de praia apropriados para a idade – estes brinquedos vão servir durante verões consecutivos (e até poderá usá-los na Primavera ou no Outono, num jardim ou parque infantil), pelo que vale a pena investir num bom balde, uma boa pá, entre mais um ou outro briquedo. O  plástico ecológico será a melhor opção, dado que não transmite materiais tóxicos para a pele da criança. Ao mesmo tempo, se for resistente, dificilmente se partirá. Compensa, em vez dos sucessivos baldes e pás que se partem devido à fraca qualidade.
  • Se a criança estiver preparada, então aproveite a chegada do verão para iniciar o desfralde. Existem cuecas de treino giras e com materiais não tóxicos – reutilizáveis, à base de algodão e bambu.

Finalmente, porque todos os anos surgem casos de crianças que se perdem na praia, partilhamos um método que já circulou pelas redes sociais – na esperança, porém, de não ser necessário recorrer. Se detetar alguma criança perdida na praia, coloque-a aos ombros e peça para que as pessoas na praia batam palmas. Assim a criança fica visível e as palmas captam a atenção, tornando mais fácil reencontrarem a criança.

Este verão, relaxe e usufrua realmente do tempo em família, aproveite para observar como os seus filhos cresceram, dê férias aos gadgets e divirtam-se juntos!

imagem@mariagorda coleção 2017

LER TAMBÉM…

O que levar na mala de férias das crianças?

Manter a calma nas férias com Mindfulness

Marie Kondo – Destralhe o seu armário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.