O presente mais importante deste Natal.

Já é um hábito para os pais, a agitação constante de todos os Natais. Todos os anos o ciclo se repete, e a busca pelo presente perfeito parece um caminho interminável.

Uns gostam mais de carrinhos e pistas para voar sem sair do chão. Outros preferem brinquedos científicos e descobrir comos e porquês. As meninas preferem os Nenucos e as Barbies, os peluches e as casinhas de bonecas. Mas… Sabia que o que as crianças preferem mesmo é brincar com os pais?

Segundo um estudo recentemente revelado pela Imaginarium, o desejo de todas as crianças é ter mais tempo para brincar com os pais. Brincar é sempre uma diversão, mas brincar com os pais, de uma maneira plena e sem pressas, é o verdadeiro prazer de viver.

Este estudo surge a propósito da comemoração do Dia Internacional dos Direitos da Criança, e reveste-se de especial importância, não só a propósito deste dia, mas a propósito de uma reflexão constante que fazemos todos os anos por esta altura: qual o melhor presente que podemos dar às nossas crianças, todos os dias? A resposta é fácil: estar perto, estar atento, estar presente.

Ser pai, mãe ou professor é uma tarefa dura, recheada de dias difíceis e birras intermináveis mas também é muito gratificante. Significa resistir e saber estar presente em cada momento, dar liberdade para brincar, protestar e perdoar.

Mais do que um brinquedo, um videojogo ou outro bem material que possamos oferecer, este Natal, importa que ofereçamos o nosso tempo: enquanto pais, irmãos, tios, primos, educadores, porque todos nós temos uma missão clara e doce.

Para 31,2% dos pais portugueses, à semelhança do que acontece em outros países do Sul da Europa, aquilo que os faz mais felizes no seu dia-a-dia é estar com a família. Por isso, mais importante do que escolher o brinquedo certo, por ser mais apropriado a cada idade, por ser fácil de utilizar ou por ter sido o preferido das crianças, o importante é que este Natal, pense no tempo que vai dedicar a partilhar esse momento com os seus filhos.

As crianças são felizes enquanto brincam. Aprendem enquanto brincam e divertem-se aprendendo! Mas aquilo que os faz realmente felizes é que os pais façam parte desse momento.

Também aqui, métodos de ensino e formas de educar se fundem, ao permitir que pais e filhos partilhem momentos de absorção e aprendizagem de conhecimentos, em conjunto. Sentar no chão, ouvir canções, repeti-las infinitas vezes, rir e chorar, fá-los compreender que o caminho se constrói em conjunto e que a peça mais importante do puzzle da vida são os pais, que a cada momento estiveram por perto.

Brincar com os filhos torna os pais especiais!

Por isso, este Natal seja especial, dedique-se aos mais novos, volte a ser criança e desfrute da actividade mais vital, divertida e essencial de levar a vida: a brincar!

Gostou deste artigo? Deixe a sua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.