As dez coisas que eu mais detesto que os meus filhos façam

As dez coisas que eu mais detesto que os meus filhos façam

As 10 coisas que eu mais detesto que os meus filhos façam:

  1. Birras;
  2. As birras;
  3. Birras;
  4. Ainda as birras;
  5. Birras;
  6. Mais birras;
  7. Birras;
  8. Aquelas birras;
  9. Birras;
  10. E birras.

A minha filha mais velha sempre foi especialista em birras.

Desde as birras que com um mês fazia para mamar e para adormecer, às birras que faz com quatro anos porque não vê o arco-íris há muito tempo ou porque não quer ir para a escola porque está chateada com as amigas. Acorda todos os dias de mau humor (herdou os meus genes) e qualquer rabanada de vento a faz desatar num berreiro com cascatas a escorrer-lhe dos olhos.

Passou em força por todas as fases ditas terrible: terrible one, two, three e está no auge dos fucking four. Que vos digo já que dão quinze a zero aos terrible two. A parte boa é que não há birra que me surpreenda, tudo é motivo e a qualquer momento.

O que me tem lixado verdadeiramente por estes dias é que o meu filho, que de terrível só tinha o não nos deixar dormir há dois anos (coisa pouca), entrou a pés juntos nos terrible two. Um miúdo que mesmo não dormindo acorda sempre bem-disposto, que leva o dia a cantar e que tem um sorriso que ilumina o dia mais cinzento que já possam ter visto, tem ensaiado umas birras que me deixam louca.

Se por um lado as birras dos quatro anos são monstruosas, cheias de porquês e eu quero porque quero e pés a bater no chão, por outro as birras dos dois anos têm muitas lágrimas, muita baba, muito ranho e poucas palavras e eu já me tinha esquecido como era isto tentar adivinhar qual é o raio do motivo da birra.

Já vos disse que detesto birras?

imagem@sheknows

LER TAMBÉM…

Afinal o que são os terrible twos?

Tem um filho de dois anos? Estamos juntas!

O segredo das birras

Autora do blogue Ser Super Mãe é uma Treta

Tenho nos meus filhos e no mundo depois dos filhos uma enorme fonte de inspiração e o blogue nasceu da necessidade de escrever sobre o lado menos fofinho da maternidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Instagram did not return a 200.