10 razões porque os três anos de idade são “piores” do que os dois.

Aos dois anos as crianças quase não falam.
Aos três quase nunca se calam.

Aos dois anos as crianças choram.
Aos três fazem birras tão grandes que parecem possuídos.

Aos dois anos as crianças comem tudo o que lhes dermos, e ainda comem do chão se for preciso.
Aos três só gostam de dois alimentos, e um deles é queijo.

Aos dois anos o banho é um evento de 10 minutos, e o resultado é uma criança limpa.
Aos três os banhos levam mais de 20 minutos, e o resultado é a mãe encharcada, a casa de banho inundada, e 16 toalhas usada.

Aos dois anos as crianças usam fraldas.
Aos três o nosso mundo gira à volta das bexigas e intestinos deles.

Aos dois anos as crianças distraem-se com uma caixa de pastilhas elásticas na mercearia.
Aos três querem escolher as frutas e legumes que vamos comprar.

Aos dois anos escolhemos a roupa e vestimo-los. Ficam queridos que fartam.
Aos três as crianças insistem em vestir-se sozinhos e querem sair de casa com outfits indescritíveis.

Aos dois anos as crianças não gostam de se sujar.
Aos três a sujidade cresce com eles.

Aos dois anos podemos ajudá-los com as suas tarefas, poupando milhares de biliões de minutos na nossa vida.
Aos três querem fazer tudo sozinhos e demoram uma E-TER-NI-DA-DE!

Aos dois anos  a manipulação é a última coisa nas suas mentes.
Aos três três anos eles fazem de nós gato-sapato. E sabem-no!

 

por Jill Smokler, Scary Mommy,
tradução autorizado para 
Up To Lisbon Kids

imagem Jill Greenberg

 

17 thoughts on “10 razões porque os três anos de idade são “piores” do que os dois.
  1. Desculpem, mas quanto mais as pessoas dizem: “o quê?! que horror, o meu não daz isso!!, etc.”, piores pais são, pois são seres rígidos, que não compreendem a variabilidade humana e, pior, tudo o que é normalíssimo e, até, salutar, numa criança de 3 anos!! E quem assim é…

  2. Fernanda Pinto diz:

    Excelente comentário! Concordo totalmente porque aqui tb as coisas são assim, bem conversado e se não for possível chegar a um acordo, vai um não e pronto e tudo segue feliz e em paz! Adoro os argumentos fechou dele. E vc com chave de ouro: quanta felicidade traz uma criança nesta fase!!! O meu tá chegando lá. ..

  3. Não sei se entendi o objetivo deste post, mas devo dizer que não concordo com nada que foi dito aí, pelo ênfase desnecessária sobre um comportamento absolutamente normal, que acompanha a curiosidade deles em descobrir o mundo ao seu redor. Estão a tornar-se seres pensantes, atuantes, que tentam não pertencer ao mundo mas fazer parte dele.
    O tom do post transforma crianças de 3 anos em pequenos demônios.
    Digo-lhes assim como foi aos 2 anos, essa fase dos 3 anos é ainda mais gostosa. Além de curtir seu filho de 3 anos, você vai criar um vínculo emocional e racional com ele. Vai descobrir sua inteligência, sua indagação sobre o mundo e, principalmente, sua responsabilidade como pai e mãe em ser um exemplo em absolutamente tudo que faz e diz. Talvez seja por isso que alguns pais sofram tanto nessa fase. E em outras por vir.

    Minha humilde opinião.

    1. Olá Caio, o objetivo do post é enfatizar comportamentos óbvios e perfeitamente normais das crianças nestas idades, de forma a criar uma sátira, e para que as mães/pais mais desesperados percebam que o que se passa nas suas casa, é o que se passa em todas. Obviamente há exceções e crianças que não reagem assim, mas como dissemos é apenas uma caricatura. Ninguém está a desvalorizar crianças, muito menos os próprios filhos, em qualquer que seja a idade deles. Todas as fases são maravilhosas e devemos aproveitar cada minuto. E se acha que o post transforma crianças de 3 anos em pequenos demónios, ainda bem, porque eles são pequenos e adoráveis demónios que por vezes nos levam à loucura. Possivelmente se só tem um filho torna-se mais fácil ter tempo para lidar com os caprichos desta idade, mas se tiver vários, estes comportamentos ditos normais colocam qualquer mãe/pai à beira de um ataque de nervos. Está a ler à letra uma caricatura aqui feita sem qualquer maldade 🙂

  4. A propósito, o problema de comportamento do seu filho deve ser devido à sua inabilidade materna. Meu filho já tem 4, nunca fez uma birra histérica, nunca me fez nenhum vexame também. Não pula no sofá, não deixa minha casa como um pós-furacão, desde sempre ensinei a devolver as coisas ao lugar e recolher a bagunça. Ele come super bem, adora vegetais, frutas, e uma boa refeição. Não gosta de queijo. Lembre-se que os alimentos foram apresentados e oferecidos por você, se só come queijo é porque você só oferece queijo, você permite muito queijo…
    Nunca me encharquei dando-lhe um banho, a roupa fica apenas respingadas. Estimular a linhagem é essencial para o desenvolvimento em vários aspectos, não apenas de dicção. Não sou manipulada nem persoadida, porque não tenho MEDO de dizer-lhe não, escuto seu argumento, e se não for possível, não acato, e minha autoridade me permite fazer o “não” mesmo que ele se desagrade. Então, acho que no seu caso a melhor alternativa seria ter só um cachorro, certo? Pode ser adestrado, nunca argumenta nem retruca, e ainda pega a bolinha. Toma banho semanal, que pode ser terceirizado num petshop. Inclusive o veterinário é mais barato e a ração também é mais barata, no petshop pode-se escolher qualquer acessório sem contestação. Faz xixi na caixa, ou se necessário prende o dia inteiro até você levá-lo à grama. E como tenho uma filha mais velha, posso te garantir, a interação só vai aumentar, a interação será cada vez mais complexa. Você ainda pode tentar encontrar uma família que queira adotar este ser humano de 3 anos que você tem em casa, antes que ele faça 12, porque acho que você não vai suportar uma adolescência. Além disso, várias pessoas vão se divertir horrores, porque crianças de 3 anos são engraçadissimas.

    1. Coitadinho do menino… se o continuar a criar assim talvez nunca sobreviva à adolescência por vir a ser vitima de bulllying de tão bem comportado que é!

    2. Bom dia Júlia, o nome e contato da autora está no fim do artigo. Se deseja dirigir-se diretamente à mesma poderá clicar no link e enviar-lhe um e-mail. Respondendo ao seu comentário: Todas as crianças são diferentes, e se você tivesse mais do que um filho ia perceber isso. Mas não acha estranho o seu filho não ter qualquer comportamento típico da idade? Nunca lhe deu uma fatia de queijo? Sabe que o queijo é proteína e faz parte de uma alimentação equilibrada e recomendada por nutricionistas? Todas as mães dizem não aos seus filhos, sem medo de os confrontar. Simplesmente há mães que alternam entre o não e o sim. É bom ser permissivo de vez em quando. Qual é a criança que não gosta de pular no sofá, ou brincar no banho? Quer mesmo privar o seu filho de tudo isso? Tem a certeza que, ele é uma criança feliz? As opções educativas de cada mãe, a cada uma dizem respeito. Com certeza não gosta que estejamos a pôr em causa as suas opções. Não o faça em relação aos outros. O texto trata-se obviamente de uma caricatura, infelizmente, você não teve a capacidade de o perceber.
      Obrigada pelo seu comentário.

    3. Você é uma seca, sabe de que é que crianças de 3 anos não gostam? de secas!

    4. As crianças são todas diferentes…. nós somos vegetarianos, comemos fruta e legumes à frente dela , dizemos não e no entanto ela faz birras, odeia legumes. Não oferecemos queijo constantemente (nem temos em casa) no entanto ela adora queijo. Considero-me uma boa mãe rigorosa e que o meu marido é um bom pai mas cada criança tem uma personalidade diferente. Honestamente adorei o post e ainda bem que o seu filho é assim… mas garanto-lhe não é por ser uma super mãe superior às outras como parece querer afirmar ao tentar dar lições de moral, a personalidade dele também ajuda. Cada criança é única e cabe a nós respeita-la e orienta-la.

    5. Depois de ler o que escreveu precebo porque seu filho não faz o mesmo que uma criança normal sai á mãe.

  5. uns dos problemas das crianças.es que elas no tem mais aquele amorrrrrr. dosss pãess .porque as. crianças fican en escoliñass y se para para pensar o amor es diferente.amorrr de mãe so tem ummmmmmmmm

  6. Então a minha filha que completou os 2 anos em Março já está na fase dos 3 pois fala que se farta, já não usa fraldas e já quer escolher sua roupa, não gosta deervilhas nem de queijo e já quer faxer certas tarefas sozinha, quando fizer os 3 anos o que será queme espera? …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Instagram did not return a 200.