12 coisas que transformam uma mãe numa mãe dragão!

Não brinquem com as mães… Elas cospem fogo.

Mesmo!

Estas são as 12 coisas que transformam uma mãe numa mãe dragão, em menos de um fósforo!

  1. Acordar a mãe antes do bebé acordar
    Bom, vamos lá ver uma coisa: A mãe só dorme quando o bebé dorme, por isso, a menos que o bebé tenha acordado, deixem a mãe dormir!
  2. Acordar o bebé
    Têm noção que chegamos a passar horas a adormecer um bebé?! COMO SE ATREVEM A ACORDÁ-LO! Eu não quero saber do porquê, não há motivo nenhum que justifique, a não ser que a casa esteja a arder!
  3. Dar comida ao bebé sem perguntar
    Pensemos com lógica! A mãe é que sabe os horários do bebé – se vai comer agora depois se calhar não almoça/janta/lancha bem…; o que é que o bebé pode comer – Alergias, indisposições, diarreias até ao pescoço….
    Perguntem primeiro, boa?!
  4. Um estranho tocar ou pior, pegar no bebé!
    Quer pegar, compre um nenuco tá!?
  5. Fumar ao pé de um bebé!
    É que nem entendo como é que não cai a ficha! “Ah o fumo espalha-se no ar” – e se eu espalhar os teus miolos no ar?! Ah?!
  6. Dar palpites inúteis. Aliás, dar palpites.
    Já a minha avó dizia: “Se não tens nada de bom para dizer, fica calada!” Mais nada.
  7. Excluírem o teu filho
    Os nossos filhos são os seres mais importantes das nossas vidas. Se o meu filho não tem lugar na tua vida, então eu também não! Ele faz parte de mim, se não gostas, então não gostas de mim. Não me dêem palmadinhas nas costas, não preciso disso. “Quem meus filhos beija, minha boca adoça!”
  8. Fazer visitas estando doente
    Qual é a ideia?! Ele ficar doente também?! E vens cá amanhã às 4 da manhã quando ele tiver a chorar e a arder em febre e a vomitar meio mundo como se fosse a miúda do exorcista?
  9. Comparar crianças
    “O meu não era assim” – pois é, mas eu também não sou assim parva como tu!
  10. Dizer que o bebé é “mau”!
    Mau era o lobo ok! Deixem-se de coisas…
  11. Forçar a criança a dar um beijo
    Se ele não quer, é porque não quer… Xô! Desampara a loja!
  12. Comentar o aspecto da mãe
    A menos que seja para elogiar! De resto, nós estamos fartinhas de saber que parecemos um saco de batatas rançosas… Nós sabemos…

 

image@JamesDalman 

 

Quando entrei no mundo da maternidade, descobri uma nova pessoa em mim, e toda uma nova forma de ver a vida.

Assim, e porque encontrei muitas dúvidas, criei o blog Sei Lá eu ser mãe. A maternidade aos meus olhos. Sem rodeios nem floreados. Software tester de profissão, é a escrever que me sinto livre.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.