A selecção somos nós

A selecção somos nós

Eu não sou muito de futebol. Mas gosto da selecção. Gosto de ver os jogos, gosto de ver as pessoas a gostar de ver os jogos, gosto da união e cumplicidade entre os Portugueses, as piadas patetas mas de gargalhada fácil que revelam a ansiedade e nervosismo antes de cada jogo, das cervejas bebidas e dos brindes esperançosos à nossa selecção, aos jogadores, ao nosso Portugal! Gosto de ver os jogos rodeada de pessoas para poder gritar, brindar e abraçar alguém quando marcarmos. Gosto MUITO quando marcamos. Amo quando ganhamos! Gosto de falar da selecção na 1ª pessoa do plural, porque a selecção somos nós!

A selecção não é só o CR7, o Moutinho, o William Carvalho, ou Fernando Santos. A selecção somos nós. SOMOS TODOS NÓS.

Por isso, somos nós que temos o papel – o dever e o direito de apoiar a nossa selecção! Vamos criar uma onda de “Força Portugal “como só visto em 2004 (Miúdos nascidos nos ’90’s, desculpem se não se lembram, mas foi muito maior e melhor do que aquilo que possam sequer imaginar!)

Pendurem-se bandeiras nas janelas das casas, mudem as fotos do perfil do FB (pelo menos no dia de jogo) para uma imagem da bandeira portuguesa, não digam mal dos nossos! (Por favor, não digam mal dos nossos… Acham que é pura coincidência a imprensa alemã e/ou estrangeira publicar noticias que denigrem os nossos jogadores, a nossa selecção, em vésperas de jogo?Think again)

Partilhem as vossas fotos com “pintura de guerra na cara”, com cachecóis, gorros e bonés, letreiros e legendas, o vosso cão com a bandeira portuguesa, o que quiserem! Partilhem diariamente uma imagem de Portugal, um monumento típico, um traje, algo que nos identifique e que nos coloque no mapa.

Vamos tornal viral o nosso apoio à selecção. Vamos minar os Hastags #Euro2016 #Europeu2016 (e outros que queiram sugerir) com as cores da nossa bandeira. Vamos apoiar Portugal!  Sim somos poucos. Mas a selecção somos nós. 11 Milhões de apoiantes. E vamos tornar-nos virais!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.