Crianças tablets

Crianças que se deitam com tablets: um péssimo hábito cada vez mais frequente

Crianças que se deitam com tablets: um péssimo hábito cada vez mais frequente

Há hoje uma geração de crianças que desde tenra idade está viciada na utilização de tablets. Os pais, eles próprios cada vez mais dependentes de tecnologia, estimulam o uso destes dispositivos, que agora estão já a entrar na cama dos mais novos, apesar de todos os alertas, revelou um estudo da britânica Childwise que acompanhou os hábitos de 1034 pais de crianças com idades entre os seis meses e os quatro anos.

O Monitor Pre-School Report, citado pelo Daily Mail, concluiu que:

  • uma em cada 10 crianças com menos de quatro anos fica ‘colada’ aos tablets a ver programas infantis na cama.

Isto apesar de as recomendações dos especialistas serem claras:

  • a cama das crianças deve ser totalmente livre de qualquer dispositivo electrónico. Aliás, nas horas anteriores ao momento de deitar deve mesmo evitar-se ao máximo o uso de aparelhos electrónicos. Não esquecendo que até aos dois anos de idade não é recomendado o uso dos mesmos.

Conclui ainda o mesmo estudo que cada vez mais crianças em idade pré-escolar [3-5 anos] usam os telefones dos pais para aceder a aplicações. Verifica-se ainda que muitos deles têm o seu próprio tablet ou consola de videojogos.

Muitos pais recorrem a programas televisivos e jogos infantis para ajudar os filhos a adormecer.

Mas a preocupação de adição a estes dispositivos é cada vez maior para os especialistas.

O estudo concluiu que os bebés nunca viram tanta televisão como agora. A média actual é de 2.6 horas por dia. Este aumento deveu-se também  ao aparecimento da possibilidade de escolher na televisão os programas pretendidos.

“Aos dois anos, a maioria das crianças já está a usar tecnologia, sendo que quase todas aos quatro anos têm acesso total”, lê-se no relatório.

Um especialista em saúde infantil da britânica Royal Society of Medicine, Aric Sigman, apelou aos pais que “parem de estar constantemente a verificar os e-mails nos telemóveis em frente das crianças para tentar travar esta obsessão com tecnologia.

 

Notícia publicada no Sol,

1 thought on “Crianças que se deitam com tablets: um péssimo hábito cada vez mais frequente
  1. Inês Clímaco diz:

    Realmente, a cada dia que passa, mais e mais crianças estão focadas, por erro dos pais, às televisões e aos tablets. As crianças aprendem visualizando o comportamento dos que vivem à sua volta e claro que se os adultos utilizam de forma exagerada as tecnologias, as crianças tenderão a querer fazer o mesmo. Crianças de tão tenra idade ….PRECISAM de histórias contadas …recontadas! Mas no comodismo dos pais não entra a ideia de “perder tempo” a contar histórias antes do seu/sua filho/a adormecer. Vivemos num tempo onde o egoísmo está a eclodir, a cada instante mais …e mais!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Instagram did not return a 200.