Mãe (Leoa) de uma adepta benfiquista…

Desta vez o mais velho não podia ir ao estádio, amanhã tem teste de geografia e, aqui em casa, os testes ainda são uma prioridade. Desta vez vai ela. É 4 anos mais nova mas não tem testes esta semana e uma vez não são vezes… sim, porque cá em casa de vez em quando fugimos à rotina e é tão bom.

Estava tudo combinado, achava eu. Um amigo do meu marido ou um primo meu passava aqui por casa para a levar ao estádio da Luz. Eram 18h e o meu rico marido (denotem BASTANTE ironia neste “ meu rico marido”) ainda não fazia ideia de quem é que a ia levar.

Ele em Lisboa, claro que não vinha a Cascais de propósito!!! A miúda toda quitada para o jogo e eu a ver as horas a passar. “Isto vai sobrar para mim!”, pensei eu… e bem!  -Querida, não queres ver o jogo aqui em casa? A Mãe faz um jantar especial …– Conforme me apercebi do “não” iminente, aumentei a parada – TU é que escolhes! – Ela continuava a torcer o nariz e eu lanço aquela cartada tramada para qualquer pré-adolescente – Gelado e CHOCOLATEEEEEEEEE!!!…À VONTADINHA! -Oh Mãe… eu quero mesmo ir ver o benfica! – Cum caraças da miúda! Com a idade dela, qualquer bifinho com batata frita e ovo a cavalo me levava a desistir do programa mais giro. Aiiii os tempos! OK. Já percebi. Vou ter que atravessar a fronteira (leia-se portagem) para chegar ao estádio em hora de ponta E dia de jogo! Lá me ponho a caminho com a miúda feliz e contente. Foi sempre a abrir até chegar à 2ª circular. Pára e só arranca para andar uns 10 cms! Toca o telefone. O pai da criança nuns nervos a querer orientar-me para não me enfiar no inferno da luz! Acabou por me dar umas coordenadas de GPS porque estivemos 10 minutos ao telefone nos quais o ouvi explicar a raiz quadrada de um sítio qualquer. Casei com o Mr. Não-tenho-puto-jeito-para-explicar-direcções-mas-acho-que-sou-um-mapa-andante! Disse-lhe umas 20 vezes que não estava a perceber e também o ouvi dizer a mesma coisa umas 20 vezes:
NÃO ESTÁS A PERCEBER AQUILO QUE TE ESTOU A DIZER! E eu, pacientemente (aos gritos), respondia:
EU JÁ TE DISSE QUE NÃO ESTOU A PERCEBER VÁRIAS VEZES!!! Isto no GPS vai resultar!
–“VIRI” À DIREITA na Rua Eusébio “não sei quê”. Não viro nada! Não vou virar, nem entrar em nenhuma rua com nome de jogador ou qualquer outra coisa relacionada com bola porque já sei que vou apanhar trânsito. O GPS é tão à frente e não sabe quando jogam os clubes da 2ª circular?!!! Grande falha!
-Mãe, porque é que as luzes que vêm de lá são brancas e as que vão para lá são encarnadas?!
Viri à esquerda na………………..
O quê?!!!! Não consegui ouvir!!!
Porque é que as luzes que vêm de lá são brancas e as que vão para lá são encarnadas?!
-Não és tu!!! Não ouvi o que ela disse!
-Ela quem?
-Faça inversão de marcha…
-A do GPS!!! Caaaaaaaaala-te um minuto!!!
10% de bateria. Toca o telefone. Boa!
-Onde é que estás? -Estou a ficar sem bateria! Tenho o estádio do meu lado direito e preciso que não me ligues mais para não ficar sem bateria antes de chegar ao destino. Boa?! – Só ligou mais duas vezes:
“Já passaste por baixo da 2ªcircular?”, “Estás a quantos kms?”.
-Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhiiiiiiiiii que nervos! DETESTO TRÂNSITO! DETESTO FUTEBOL!
-Mãe,não se enerve… – Ups, a miúda vai comigo e eu estou passada da cabeça! Lá chegamos ao destino depois dele me perguntar mais 10 vezes por sms e whatsapp se já tinha passado por baixo da 2ª circular. NÃO, nunca passei por baixo da 2ª circular. Consegui a proeza de lá chegar só passando por cima da 2ªcircular! Antes de sair do carro ela abraça-me muito melosa, esta miúda é um doce, pensei. Diz-me baixinho: -A Mãe é uma querida… mas muito agressiva! – Sai do carro lançada. Toma e embrulha! Afinal sai ao Pai… No regresso a casa decidi que não ia fazer jantar para mim e para o mais velho. Passo ali no Fast food(que detesto) da A5.

Entrei na bomba de gasolina e quase que entrei outra vez na A5 antes de conseguir encontrar o restaurante. Provinciana (sem mais explicações). Quando estou na fila lembrei-me do hotel mesmo ali ao lado. É SÓ o hotel com mais rotatividade de Portugal. As camas nem devem arrefecer. Blharck! “Hmmm ainda apanho aí alguém a fazer asneiras…Vou estar atenta. Na volta até há carros aqui na fila que acabaram de sair de lá…olha este aqui à frente. Tem mesmo ar de quem andou a fazer asneiras…”. Estava eu nestes pensamentos quando pensei, e se alguém pensa o mesmo de mim?! Ahhhhhhhhhhh!!! Este fast food é um perigo. A senhora entrega-me o pedido e assim que ponho as coisas no carro, lembrei-me da razão pela qual detesto fast food, aquele cheiro igual para tudo: batatas, queijo, peixe, gelado, vaca, porco, frango, etc. Bem, isto com um copo de vinho tinto, marcha bem! A fome aperta. Para mim, é a única razão para comer destes fast foods. Claro que me distraí e acabei por entrar no parque de estacionamento do hotel… e, para mostrar a TODOS que FOI UM ENGANO, em vez de dar a volta ao parque e sair pela saída, fiz questão de fazer marcha atrás e “enfaralhar” o trânsito todo a quem poderia até estar com pressa para fazer o check in! (LOL) Sim, sou uma bronca! Ufa! Depois de passar por cima da ponte e quase entrar, outra vez, no sentido de Lisboa, lá consegui rumar a Cascais.

Ahhhh! Porque é que pedi uma coca-cola se vou beber vinho?! … Apetece-me mesmo um copo de vinho tinto, mas uma coca-cola fresca também acompanha bem um hambúrguer. Vinha com estas dúvidas parvas quando cheguei a casa e entornei a coca-cola à porta. Não querendo parecer daquelas pessoas que veem sinais em tudo, mas parecendo, entendi isto como um sinal! “BEBE VINHO,INÊS! TU PRECISAS. Mas primeiro limpa essa porcaria antes que fiques com os pés colados ao chão” Desta experiência tiro algumas conclusões:

1. As Mães Leoas são as melhores (spoooooooooooorting!) ;

2. O meu marido, benfiquista ferrenho, escolheu bem a mulher;

3. A mulher do GPS é burra;

4. Fast Food em casa é sempre frio e a carne sabe a vaca. Eles bem dizem que aquilo é mesmo 100% vaca. Mas eu tenho a minha teoria que eles arranjaram essência de vaca e misturaram com cortiça;

5. Não julgues as pessoas pelo sitio onde as encontras, podem estar só enganadas;

6. Tudo vai bem com vinho tinto;

7. Se o Benfica perdesse ia ficar mesmo chateada… (esta é uma novidade para mim que NÃO sou benfiquista!

Boa noite!

Ler carta de resposta e este texto “Eu tenho as minhas paixões” *Eu amo o Benfica

imagem@wallpapperbeta

Inês de Santar é a segunda de seis irmãos. Em 2009 começou a escrever o seu primeiro romance e, em 2012, revela publicamente o seu gosto pela escrita, com a abertura da página Inês de Santar.

Como pais e educadores, haverá alguma forma de andarmos um passo à frente dos nossos filhos? Será isso necessário? Como fazê-lo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.