De pai para filha: Lembra-te…

Ando fascinado com uma música. Também eu queria ter a inspiração para escrever algo do género. Gostava de escrever para a minha filha ler à medida que for crescendo.

A música é “Growing Up (Sloane’s Song)” de Ryan Lewis (feat. Ed Sheeran).

Não é, nem de perto, uma tradução, mas enquanto a ouvia, vieram-me à cabeça algumas ideias.

Querida, quando cresceres, gostava que lesses estas ideias:

Tem aqueles dois ou três amigos para a vida, mas não pares sempre no mesmo bar, na mesma rua, no mesmo grupo…abre horizontes.

Faz a tua cama sempre, mas às vezes deixa-a por fazer. Não dobres sempre o pijaminha…

Dá nova chance ao sushi, cozinha o teu salmão. Grelha, fuma (o salmão!), corta em fatias finas e come simples ou com rúcula.

Diz bom dia. Despede-te quando saíres de algum lado. Diz boa tarde. Dá flores.

Não tenhas receio de pareceres doce. Não tenhas receio de ser doce. Evita os doces.

Lembra-te que os tontos estão sempre cheios de certezas.
Lembra-te que não andamos aqui para ser perfeitos ou para agradar a toda a gente. Se fores fraturante por seres quem és, se isso for natural, não te preocupes. Não procures o consenso a todo o custo. Não abdiques de ser generosa e sensível, mas sempre sendo fiel aos teus motivos.

Lembra-te que a riqueza material parece que só faz sentido quando é o resultado de um trabalho apaixonado.

Estuda a fundo esta frase:“Tenta ser constante mas não inflexível!”. Esta frase vai ser útil para educares, por exemplo.Tenta ser constante mas não inflexível. Tenta criar uma nova forma de escrever esta frase.

Aprofunda as tuas paixões. Se gostas de uma música, descobre o nome de quem escreveu. Se gostas de um livro, tenta compreender um pouco da vida do autor. Aprende a cativar com o “Principezinho”. Aprende a colocar em causa. Aprende a não tomar as coisas como garantidas.

Escolhe bem as tuas fontes! Não vás em “teorias da conspiração”.

Escolhe bem as tuas roupas, mas veste sempre um sorriso sincero. Valoriza as curvas do teu cérebro.

Lembra-te de que quando há dúvidas, geralmente não há dúvidas. Quando é amor, vê-se logo.

Se trabalhares por conta própria, tenta adorar o que fazes. Se trabalhares para outros, tenta adorar o que fazes.

Lembra-te de que este é o dia de estreia, o ensaio geral, o último dia em cena, o rascunho e a obra de arte!
Não desperdices tempo.

imagemcapa@today.com

Gosto de iniciativas “sem tretas” e com alma. Como a Up to Kids, por exemplo.

A criação do Mundo Brilhante permite-me visitar escolas de todo o país e provocar os diferentes públicos para poderem melhorar. Agitamos. Queremos deixar marcas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.