super-pai

super-pai

Eu tenho um Super Pai com Super Poderes e Tu ?

O Dia do Pai é um ritual anual nas creches e jardins de infância.
Preparam-se prendas para entregar aos pais dos meninos e meninas com muitas horas de dedicação e com carinho. Algumas delas ao fim de uns minutos vão parar ao lixo e são destruídas pelas próprias crianças. Preserve este presente como uma dádiva preciosa. Existem comportamentos que ficam registados no subconsciente da criança.
Receber um trabalho elaborado por uma criança é valorizar o seu processo de desenvolvimento e reconhecer o trabalho de quem diariamente trabalha em prol do seu/ sua educando/a.
O Dia do Pai, ultrapassa um simples presente.
É o mote para conversar sobre a figura paternal: Quem é o pai? O que gostas de fazer com o pai? O que gostarias de fazer com o pai mais vezes? O que o pai faz contigo em casa? Explorando as respostas apercebemos-nos que o pai já não é na maioria das vezes a figura que entrega à mãe o dever de educar a criança.
Os pais de hoje estão mais atentos à educação da criança e partilham tarefas com as mães. O pai dá-me de comer, dá-me banho, leva-me a escola, vamos ao parque, jogamos a bola, brincamos, ele é um Super Pai.
Futuramente, os pais das crianças com os modelos de partilha educativa em casa serão pais presentes o que contribuirá para uma sociedade igualitária, onde o respeito pelo outro vencerá e os valores de violência doméstica decrescerão.
No dia 19 de Março quando receber o seu presente, diga Obrigada com um Sorriso!
As memórias são internas e ficam gravadas na infância em todo o percurso de vida.