Férias com Gémeos

Férias são sempre férias e são sempre muito esperadas e muito bem-vindas. As nossas foram igualmente aguardadas e planeadas com algum tempo, pois a logística a 4 é diferente do que a dois.

Mas antes das aguardadas férias a 4, tirámos férias a dois. Sou apologista de que os pais precisam de férias dos filhos e os filhos dos pais, o marido da mulher e vice-versa. É importante fugir a rotina, sentir aquela saudade boa, ganhar independência e ganhar ânimo e ainda mais amor e valor à família que se tem.

Fomos 4 dias para a Madeira sozinhos e deixamos as meninas com os avós e com a tia, não podiam ficar melhor e fomos descansados. Importante deixar os filhos com quem sabemos que ficam felizes e bem cuidados. Foram poucos dias, pois a saudade também não deixava mais, mas deu para namorar, um bem precioso numa relação e por vezes tão esquecido quando se tem filhos. Deu para passear e acima de tudo para descansar e dormir. Quando regressamos estávamos cheios de saudades e ainda com muito mais amor e energia para lhes dar. Carregamos a nossa bateria de energia e de Amor, não é fácil cuidar de gémeos sem grandes ajudas por perto, os meus pais estão a 385 Km e os do meu marido a 50Km. Já sonhava com estes dias de descanso.

Depois veio as férias do mimo a quatro. Fomos em rumo a casa dos avós, uma vez que estamos longe aproveitamos para estar com eles e também de alguma forma nos ajudarem.

A Logística é terrível, tudo a duplicar (roupa, fraldas, cadeiras do automóvel, cadeiras de alimentação, carros, brinquedos, etc.). A viagem difícil e longa, mas fomos após o almoço e dormiram quase o caminho inteiro. As rotinas alteram, por muito que possamos tentar mantê-las, há sempre mais pessoas, ambiente diferente, casa, cama tudo diferente e o sono, alimentação e padrão intestinal fica logo tudo alterado. Os mimos dos avôs, tão bom mas depois acabam por fazer birra connosco. O tempo estava terrível, saíram pouco à rua mas quando saíram queriam correr até mais não. Fase das descobertas e testar os limites, é terrível mas muito emocionante para todos.

Podemos dizer que foi mais um mudar de ares que propriamente férias. Mas a parte boa foi o poder estar com elas sempre, passar o dia com mimos, poder ensinar-lhes e mostrar-lhes coisas novas, observa-las e tentar compreende-las com o tempo que lhes é devido, sem pressas, sem regras… afinal são férias.

Alguns conselhos para férias quando se tem filhos, principalmente gémeos:

– Tirem uns dias de férias dos seus filhos;

– Namorem muito;

– Durmam bem e alimentem-se bem;

– Relaxem e não stressem, lembrem-se que estão de férias;

– Planeiem as férias com antecedência;

– Vão para locais que consigam descansar por curtos períodos;

– Fujam um pouco à rotina, as crianças também precisam de um pouco de aventura;

– Mimem os vossos filhos;

– Dêem-lhes tempo, observem-nos e ensinem-nos a conhecer e a explorar o mundo;

– Durmam pelo menos uma vez todos juntos;

– Brinquem muito.

Se no fim das férias se sentirem cansados…é normal.
As crianças têm mais energia que nós e nós que o digamos.

Mãe das Marias, duas gémeas que nasceram às 25 semanas de gestão, e que, desde então, têm sido o melhor de si, e a sua maior inspiração. Autora, juntamente com o seu marido, do blog Nós e as Marias.

A Débora é uma pessoa simples e humilde, mas com mil e um talentos! Enfermeira competente, entusiasta, carinhosa, incansável e carismática! Ama a viagem que é a vida, com tudo o que isso implica!

1 thought on “Férias com Gémeos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.