homenagem à sua mulher

Homenagem de Bobby Wesson

Homenagem à sua mulher torna-se viral no FB

Bobby Wesson um pai residente no Alabama, postou no seu Facebook uma fotografia da mulher, Rayena, a dormir uma sesta com o filho, acompanhada de um texto a contar qual a rotina diária da Rayena.

Este post tornou-se viral e teve mais de 150 mil partilhas na sua página pessoal.

O texto foi partilhado como sendo uma das melhores e mais sinceras homenagens a uma mãe, mulher e trabalhadora. Uma declaração de amor dos tempos modernos.

“Esta é a minha mulher a dormir uma sesta. Daqui a uma hora vai acordar e arranjar-se para ir trabalhar. Vai reunir o material de trabalho e verificá-lo meticulosamente – o cabelo e a maquilhagem fará à pressa. A seguir vai dizer que está horrível. Eu vou discordar enfaticamente e ela vai tomar um café.

Vai-se sentar no sofá com as pernas cruzadas e tentar beber o café enquanto brinca animadamente com a criança que vai estar ao seu colo. Ocasionalmente, vai olhar fixamente para nós enquanto falamos; prepara-se em silêncio para a mudança em curso. A minha mulher acha que eu não percebo.

Depois vai dar um beijinho ao bebé, dá-me um beijo e sai para ir cuidar de pessoas que estão a viver o pior dia das suas vidas. Acidentes de carro, ferimentos de bala, explosões, queimaduras e ossos partidos – profissionais, pobres, pastores, viciados e prostitutas – mães, pais, filhos, filhas e famílias – não importa quem és ou o que te aconteceu.

A minha mulher vai cuidar de ti.

Vai voltar para casa 14 horas mais tarde e vai tirar os sapatos – que pisaram sangue, bílis, lágrimas e fogo – de pés doridos e deixá-los do lado de fora da porta. Às vezes, não quer falar sobre isso. Outras vezes não aguenta esperar para falar sobre isso. Às vezes, ri-se até chorar, e às vezes só chora – mas independentemente de tudo, vai estar preparada a tempo do próximo turno.

A minha mulher é uma enfermeira. A minha mulher é uma heroína”

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.