aprender-com-filhos

O que aprendemos com os nossos filhos

Há tanta coisas que aprendemos com os nossos filhos, imensa coisa. Desde que sou mãe que sou mais rica. Em afectos, em sentimentos, em gargalhadas, em alegrias, em conhecimento e enquanto pessoa. Todos os dias os meus filhos ensinam-me algo e é tão bom aprender com eles! Digo muito vezes que sou melhor pessoa desde que sou mãe e não foi um caminho só meu, é um caminho conjunto de evolução.

Eis o que aprendi sobre os seguintes temas, com os meus filhos:

  1. Amor incondicional.
    Nunca tinha conhecido até ser mãe. É o verdadeiro significado de amar sem quaisquer condições.
  2. Curiosidade.
    A vontade de aprender, de conhecer, de descobrir, de saber mais, de conhecer.
  3. Simplicidade.
    As crianças são simples, não complicam, não analisam, dão respostas simples e sem pressupostos.
  4. Controlo.
    Aprendi que afinal não controlamos nada e que a maior parte das coisas não dependem de nós nem das nossas vontades e acções.
  5. Generosidade.
    Aprendi que a generosidade é inata. As crianças são generosas, têm o dom de saber partilhar com os outros.
  6. Preconceito.
    As crianças não julgam ninguém pela sua cor, pelas roupas que vestem ou pelo sítio onde moram. Aceitam cada um como é.
  7. Alegria.
    As crianças são seres alegres, acordam bem dispostos, cantam com facilidade, sabem rir-se de si mesmos e divertem-se com muito pouco.
  8. Julgamento.
    As crianças não nos julgam por isto e por aquilo. Ao sermos pais aprendemos  também que não podemos nem devemos criticar ou julgar os outros.
  9. Transparência.
    As crianças são o que são, querem isto ou não querem aquilo, não fingem, não agradam só por agradar, são seres transparentes.
  10. Sonhar.
    As crianças têm o dom de sonhar sem limites. Sonham como seu futuro, sonham em ser cowboys, sonham em viver na casa do Mickey. Ter a capacidade de sonhar, de imaginar e de criar é tão bom, e depois de crescermos esquecemo-nos disso com facilidade.
  11. Coragem.
    As crianças são muito mais corajosas do que imaginamos. Quando o assunto é sério, numa doença grave, numa cama de hospital, são eles que nos levam às costas enfrentando tudo com muita coragem, alegria, simplicidade e fé.
  12. Privação do sono.
    Que até ser mãe não sabia o que era realmente o cansaço. Que ter sono e estar constantemente cansado é difícil e altera-nos significativamente a nossa forma de estar. Que ninguém consegue estar no seu melhor quando sofre de privação de sono.
E vocês, o que já aprenderam com os vossos filhos?