mae-que-nunca-desiste

mae-que-nunca-desiste

Para a mãe que nunca desiste

Eu vejo-te. São mais os dias em que estás exausta do que os que estás bem. E não há café no mundo que te consiga espevitar. E quando já não aguentas e estás prestes a passar a pasta ao teu marido,… ah espera, és só tu! Tu és os dois!

Há alturas em que nada parece justo, e sabes que mais? É porque provavelmente não é mesmo. Mas tu consegues levantar sempre a cabeça, dê por onde der.

Às vezes questionas-te se é humanamente possível uma pessoa fazer tudo o que tu tens de fazer. Se o teu corpo estará fisicamente preparado para tal. Mas no fim, arranjas sempre uma maneira.

Há serões, quando tudo está em silêncio em casa, que sentes não só uma sensação de alívio mas também a dor do silêncio ensurdecedor. Parece inconcebível viver estes dois sentimentos em simultâneo, mas não é. Eu sei.

Há manhãs que desejas ter só mais uns minutos para ti, mas é impossível. Estes pequenos humanos estão a pé, prontos, à tua espera. E dependem de ti. Quando és chamada ao serviço, não há quem te substitua.

Há situações em que paras, de rastos e pensas: “Por quê…?”, seguido de um rápido “E como é que vou…?” E apesar de não chegares a conclusão nenhuma, vais buscar forças sabe Deus onde, pões um pé a caminho, e lá vais tu.

És uma pessoa só para um trabalho que exigia quatro como tu.

És um cuidador que anseias pelo dia que cuidem de ti também. Mas até lá, vais continuando.

És uma fonte de rendimento a viver numa economia onde seriam precisas duas fontes de rendimento para cobrir as despesas todas.

És um único progenitor, que contra todas as probabilidades, fazes o que por vezes é difícil quando somos dois. Eu sei que não tens uma pausa e que todos os dias, a todas as horas fazes das tripas coração para que nada falte aos teus filhos.

Mas apesar de seres só uma, estás a conseguir! Há dias mais difíceis, mas tu vives um dia de cada vez, já sabes. Mesmo quando estás quase a entregar as cartas, segundos depois estás a levantar-te e a dizer: “Eu consigo”

Tu és a mãe que nunca desiste.

A todas as mães solteiras: vocês foram, são e serão sempre incríveis.

imagem@istock

Artigo publicado em Scary Mommy, traduzido e adaptado por Up To Kids®

LER TAMBÉM…

A mãe que hoje sou.

Carta a uma mãe de primeira viagem

Uma mãe nunca falha