mae-de-rapazes

mae-de-rapazes

Toda a verdade acerca de ser Mãe (só) de rapazes

Toda a verdade acerca de ser Mãe (só) de rapazes

Ah e tal, rapazes e raparigas é tudo igual...” Dizem as línguas por aí. Pois muito bem, eu acho mesmo que não. Já aqui tinha escrito sobre este tema. Passados quase 3 anos, a chuva de Legos continua de ótima saúde, e recomenda-se, com mais um aderente cá por casa!

Quando engravidei do primeiro, do segundo, do terceiro...sempre quis que fosse uma Violeta. Desde miúda que tenho esse sonho, sabe-se lá porquê. Ou tinha, porque agora não trocava este ser Mãe só de rapazes por nenhuma Violeta deste planeta! Como diz uma querida vizinha minha, no alto dos seus 80 anos e pico: “Ser Mãe de (só) rapazes é a melhor coisa do mundo…até virem as noras!!!”
Agora, verdade seja dita, boys will always be boys! Querem saber porquê? Então vejam (ouçam, leiam) mais de uma dúzia de vezes porque é que as Mães de rapazes:
1 – Sabem melhor do que ninguém como disfarçar ruídos menos agradáveis de miúdos imparáveis;
2 – Dominam todos os truques de boxe, bem a fundo, e são os melhores árbitros do mundo;
3 – Se lembram sempre que antes de cada máquina de roupa é preciso tirar dos bolsos as pedras, os paus, a areia e os lacraus;
4 – Também já gostam de fazer coleções de gafanhotos, caracóis, grilos e anzóis;
5 – Desconfiam que atrás de um beijinho lambuzado vem sempre um empurrão desamparado;
6 – Aprenderam que os playmobils e as suas casas com hipotecas são o mais perto que conhecerão das suas brincadeiras de bonecas;
7 – Fogem a sete pés quando os põem a todos no banho, para não apanhar com maremotos, ondas gigantes, perdigotos de espuma e submarinos esvoaçantes;
8 – Quando passam por um jardim, de lá saem com uma mão cheia de erva e flores de todas as formas e cores, que tão bem fazem lembrar jasmim;
9 – Se sentem com uma confiança mais do que amparada e protegida, ao saber que têm guarda-costas para a vida.
10 – Conhecem de cor e salteado a ameaça de um despiste de bicicletas, louco e desenfreado.
11 – Descobrem em todos os cantos da casa peças de puzzle perdidas, brincadeiras de plasticina comidas, e rodas de carros partidas.
12 – Vibram com todo aquele mundinho novo e maravilhoso que é fazer xixi de pé e em (quase) qualquer sítio, sem fazer birra ou finca-pé.
13 – Adoram ser as princesas da casa, ainda que muitas vezes caiam em desgraça (de AMOR).
(não sou supersticiosa ao ponto de acrescentar mais uma razão, apesar de não as faltar por aí!)

1 thought on “Toda a verdade acerca de ser Mãe (só) de rapazes
  1. Adorei! Tal e qual!
    Eu acrescentaria mais um: recebem todos os dias várias declarações de amor de todos eles! Às vezes também recebem avalanches de carinho em simultâneo. Seis braços é muito braço!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.