mae-nunca-falha

mae-nunca-falha

Uma mãe nunca falha

Uma Mãe nunca falha quando dá tudo, quando reflete, quando se interroga.

Uma Mãe nunca falha quando sente o laço. Essa magia em farrapos que vive no peito.

Uma Mãe nunca falha quando partilha as suas dores, as suas amarguras os seus “porquês”.

Uma Mãe que pede ajuda é uma Mãe mais próxima do coração dos seus filhos. É uma super lua repousada na janela do carinho, do orgulho, da suprema sensação de dar tudo.

Aquela criança que a Mãe já foi, por vezes ainda chora à noite. Aquela criança está em cada suspiro escondido, em cada inquietação natural.  mae-nunca-falha

Uma Mãe que elogia a vida, procura sentir uma teoria como uma ferramenta. E se não a souber usar? Tenta outra vez. 

Uma Mãe que se arrepende, não falha.

Talvez o papel da Mãe seja apoquentar-se quase sempre. 

A vida passa. Os olhos dos filhos também já não têm o brilho de antes. 

Ninguém nos ensinou sobre a vida. Poucos nos falaram nos impostos. Ninguém explicou a morte. Não sabemos lidar com a saudade. Falamos pouco de sentimentos.

Mas não queremos falhar! Não podemos! 

Vamos dar tudo. Vamos partilhar. Vamos pedir ajuda e perdoar também a criança que já fomos, porque ela teima em não ir embora…

A vida passa. Nada tem o brilho de antes. Só o futuro.

Tentamos outra vez? O laço, ninguém nos tira. Talvez seja propositado ele ser em farrapos. 

 #Manifesto às Mães#

Gosto de iniciativas “sem tretas” e com alma. Como a Up to Kids, por exemplo.

A criação do Mundo Brilhante permite-me visitar escolas de todo o país e provocar os diferentes públicos para poderem melhorar. Agitamos. Queremos deixar marcas.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.