Reconhecer Os Professores é Investir Nos Nossos Filhos

Reconhecer Os Professores é Investir Nos Nossos Filhos

Vamos reconhecer os professores?

Será que os Professores são reconhecidos como merecem?

Quase todos nós já ouvimos dizer que “os Professores têm férias o Verão todo”, ou que “ser Professor é fácil”. Mas, será mesmo assim?

A verdade é que os Professores são os principais responsáveis pela evolução e desenvolvimento das crianças. São os professores que, de braço dado com as crianças, as levam a questionar-se, a olhar para o Mundo com outros olhos e a criar.

Reconhecer Os Professores é Investir Nos Nossos Filhos

A missão de um Professor é, sem dúvida, uma das mais desafiantes e mais bonitas. Conseguir chegar a 25 crianças diferentes numa sala de aula, arranjar a melhor forma para cada um aprender e reinventar-se para desvendar em cada criança as suas principais competências, é um ato de super-herói.

Ainda assim, teimamos em desvalorizar os Professores.

Mais grave ainda, é todos teimarmos em não ouvir as necessidades dos Professores. Em não dar aos Professores aquilo que eles precisam para conseguirem continuar a ser Professores à séria. E mais do que ser Professores, poderem ser mestres para cada uma das nossas crianças. Porque quando temos um mestre, temos uma figura de referência que nos guia, que nos mantem conectados e motivados para aprender e crescer.

E nunca nos esqueçamos que é precisamente esta ligação mais emocional que as crianças precisam para se manterem motivadas e conectadas com a escola.

Um verdadeiro professor

Um verdadeiro Professor tem de continuar a ser criança pela vida fora para conseguir ligar-se aos seus alunos e colocar-se no lugar de cada criança.

Tem de estar sempre a aprender para continuar a ensinar. Tem de ser capaz de sentir de forma fora do vulgar para chegar ao coração de cada aluno.

Por tudo isto e pelo papel preponderante que os Professores têm no futuro de cada criança e da sociedade, é essencial que deixemos de maltratar os Professores.

Que possamos dar-lhes os recursos de que precisam para que ensinar continue a ser para cada Professor uma missão e uma tarefa leve, divertida e satisfatória.  

Por Cátia Lopo & Sara Almeida, Psicólogas Clínicas

A Escola do Sentir, promove o desenvolvimento emocional e social do indivíduo.

No mundo infantil, a Escola do Sentir prima e anseia por uma educação holística, focada na criança/adolescente, alicerçada numa intervenção com pais e numa forte vertente de intervenção social e comunitária.

Gostou deste artigo? Deixe a sua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.