RECORDAÇÕES

Sou feita delas. De todas as que me compõe, as mais nítidas e que eu revivo são as que de mãos dadas com as saudades me fizeram mãe. Tua Mãe.
Sempre sonhei, desde criança, ser mãe de uma menina. Uma filha com quem pudesse partilhar todas as loucuras de “mulheres”. Deus concedeu-me essa graça e tu vieste ao mundo na época mais difícil e problemática da minha vida, mas chegaste trazendo contigo o sentir doce de menina Esperança.
Resumir em palavras tudo que foi vivido por ambas é impossível, mas, lembras-te?
…. Daqueles momentos em que, fragilizada na minha infelicidade, as lágrimas falavam mais alto e rolavam que nem rios desenfreados dando voz à dor que me consumia e tu te acercavas e com o teu olhar carregado de bondade, estendias a mão pequenina e limpavas as minhas lágrimas, dizendo: “não chores mamã, não chores porque eu “tato” de ti”. Então, eu inventava uma desculpa qualquer, pensando colmatar a tua curiosidade. Como estava enganada! Na tua inocência humana entendias tão bem o meu sofrimento! Como eras grande, minha filha, no teu entender da vida!
Fui caminhando pelo tempo de joelhos, mas sempre de mãos dadas contigo. Eras tu a razão da minha existência e contigo eu aprendia que viver. Era olhar-me nos teus olhos, procurar os teus (a)braços e neles me deixar dormir. Quantas e quantas vezes, durante a noite enquanto dormias eu te olhava e numa prece eu pedia a Deus que me desse forças para te ver crescer e te saber educar na base dos afetos, da comunicação, da negociação, dos valores e do respeito mútuo. Confesso que não foi fácil, pois as dúvidas foram mais que muitas, mas tentei seguir o “livro” que me tinha sido dado a ler por aqueles que me criaram e educaram com muito amor!
Foi com todo esse amor que um dia te dei um cigarro a fumar para que sentisses tu própria o “gosto” do fumo, foi com todo esse amor que um dia encostei no teu pezinho de criança com 3 anos, uma “caruma quente”, para que soubesses o perigo que havia em brincar com o lume. Foi com todo esse amor que te fiz a mala com o que escolheste (roupa e brinquedos) e te coloquei tudo no patamar da casa, para que sentisses que tudo que dizemos e fazemos tem consequências. Enfim, foi com todo o incalculável amor de mãe, que sempre tentei criar estruturas em ti, para que pudesses ver e lidar com o mundo de todas as cores.
Dizem, que somos um pouco de tudo que nos rodeia. Os contextos e as relações que estabelecemos com os outros constroem-nos como seres humanos. Acredito que as relações, independentemente do seu tipo devem ser construídas na praia do tempo. E contigo, eu construí uma relação que ultrapassa muito para além os contornos de relação mãe/filha. És a minha melhor amiga e preciso dizer-te que o orgulho que tenho de ti ultrapassa a imensidão do mar. Orgulho-me do ser humano fantástico que és, da importância que dás à palavra Amizade, da Verdade/Honestidade com que lidas contigo e com os outros, da tua persistência em quereres mudar o mundo, das lágrimas que choras perante perdas de pessoas que te passam pelas mãos, da irmã fantástica e correta que és, da filha que sempre esteve perto, que sempre cuidou, que sempre me deu colo, que sempre me levantou quando caí.
Hoje, já és mãe …mãe de uma menina, com quem inicias um percurso igual ao que percorri contigo. É o ciclo que se repete, apenas com uma diferença: Vou estar SEMPRE aqui para te acompanhar na árdua tarefa de educar e JUNTAS com AMOR, mostraremos à NOSSA menina, que no mundo não existem só dias de sol, também existem dias de chuva, mas que também esses são necessários para que tudo volte a renascer, a (re)florir. Que o mundo é o espelho da forma como o vemos e que, não basta sonhar, é necessário esforço e coragem para concretizar os sonhos. Para lhe ensinar que podemos sempre melhorar o mundo, basta QUERERMOS!

Por Inês Clímaco, para Up To Kids®

Todos os direitos reservados

 

 

1 thought on “RECORDAÇÕES
  1. És um orgulho…a melhor mãe do mundo!! Espero conseguir ser tb um exemplo de vida e um colo de mimo e aconchego para a Inês, como és para mim!! Beijinho da filha que te adora!!

Gostou deste artigo? Deixe a sua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Verified by MonsterInsights