Fármacos e Gravidez IODO, ÁCIDO FÓLICO E AFINS

Fármacos e Gravidez

Fármacos e Gravidez

IODO, ÁCIDO FÓLICO E AFINS

Normalmente, na gravidez, o que está padronizado é apenas a toma das vitaminas normais para esta fase da vida da mulher. São elas o ácido fólico. O ácido fólico ajuda na formação correta do sistema nervoso do feto. O iodo foi introduzido como suplemento há bem pouco tempo atrás, pois chegou-se à conclusão, depois de alguns estudos realizados que, em Portugal tínhamos algum défice de iodo. A falta de iodo é prejudicial para o bebé.

ENJOO

Por vezes, existe a necessidade da toma de anti-eméticos. Quando há muitos enjoo, normalmente no primeiro trimestre da gravidez. Mas estes devem apenas ser adquiridos quando o médico assim o aconselha.

FERRO E MAGNÉSIO

Depois, em algumas situações existe a necessidade da toma de ferro ou magnésio. Existem médicos que prescrevem estes fármacos. Normalmente, isto acontece, depois de analisarem os resultados das análises de sangue da grávida. O magnésio é prescrito normalmente para cãibras e também outras funções mais específicas.

AZIA

Noutra fase da gravidez, podem acontecer sintomas de azia. Existem médicos que, por vezes, aconselham os anti-ácidos quando a azia é muito intensa e incomodativa.

OUTRO FÁRMACOS

Posso também focar aqui algumas situações muito particulares. Há alturas, em que pode ser necessário uma grávida tomar um antibiótico, por conselho médico. Como, por exemplo, quando tem uma infecção urinária grave. Mas isso deixemos para a parte médica. Aconselhem-se com eles, só eles saberão analisar o vosso caso em particular. Outra situação particular prende-se com o facto de algumas grávidas, já para o final da gravidez, sofrerem de obstipação neste caso podem precisar de algum fármaco para as ajudar a evacuar.

Por isso, o que aconselho sempre, é que não se auto-mediquem.

Mesmo que a outra pessoa que conhecem também esteja grávida e também esteja a tomar aquilo não quer dizer que vocês o possam tomar. O melhor será sempre que se dirigir a um profissional de saúde e tirarem todas as dúvidas.

O estado de gravidez é um estado transitório que o nosso organismo passa e por isso deve-se ter cautela e antes de tudo devemos-nos informar com alguém que nos possa aconselhar convenientemente e em quem confiemos.

1 thought on “Fármacos e Gravidez
  1. By Raquel Neves, thanks so much for the post.Really thank you! Great.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.