Nutrição e amamentação: Factos e mitos

Na cultura em que estamos inseridos, existe sempre a ideia de que determinados alimentos contribuem para o aumento da produção de leite pela mãe. Todavia, são escassos os estudos que conseguem confirmar estas situações.

Cada mãe deve aprender a conhecer o seu corpo e verificar as reações que acontecem após a ingestão alimentar, percebendo o efeito de cada alimento que consome, tanto no seu corpo como nas reações do bebé;

Nutrição e amamentação: Factos e mitos:

3 FACTOS :

  • Amamentar ajuda a recuperar a forma a seguir ao parto
    Principalmente pelo facto de ativar a produção de hormonas como a Oxitocina, o que vai ajudar o útero a contrair para voltar ao seu tamanho normal e na recuperação da mulher no pós-parto.
  • A alimentação da mãe reflete no leite
    A mulher que amamenta deve beber bastante líquidos ao longo do dia e alimentar-se bem (bem não significa mais atenção). A qualidade da alimentação materna deve visar a sua saúde e o seu bem estar, sendo o leite materno, consequência. Assim sendo, tudo o que a mãe ingere passa para o leite materno.Estudos mostram que, se a lactante tem uma dieta variada nesse período, o bebé aceita melhor a diversidade de alimentos, mas também influência o crescimento e desenvolvimento enquanto criança, bem como prevenção de uma série de patologias em adulto.
  • O leite materno pode ser guardado em refrigeração
    O Leite materno fresco pode ser refrigerado a 4ºC durante 48h, de forma a garantir a sua qualidade nutricional e organoléptica. Deve utilizar preferencialmente frascos de vidro esterilizados, como forma de evitar contaminações. Identifique o frasco com o dia e hora que fez a extração, para depois proceder de forma correta, ou seja, seguir as regras de boas práticas e controlo de qualidade (FIFO = First In, First Out = o primeiro a entrar é o primeiro a sair).

3 MITOS :

  • A mãe que está a amamentar deve beber muito leite para produzir leite
    A mãe deve preocupar‐se apenas em ter uma dieta equilibrada (com legumes, frutas, cereais integrais e proteínas) e de baixa carga glicémica. É o que precisa para estar bem nutrida e produzir leite.Nenhum outro mamífero consome leite para produzir leite, logo o cálcio pode ser obtido de uma grande variedade de fontes não relacionadas com lácteos, como os legumes, sementes, frutos secas e peixe gordo, como sardinha e salmão com espinha, por exemplo.
  • A Cerveja preta e o Bacalhau aumentam a produção de leite
    A mãe que está a amamentar deve ingerir bastantes líquidos (pelo menos 2 litros de água por dia), para garantir uma boa produção de leite. Não há comprovação científica de que determinados líquidos possam aumentar o leite, então, a mãe pode ingerir o que mais gostar ou preferir, desde água a Infusões, evitando refrigerantes, bebidas açucaradas e álcool. Bebidas alcoólicas são contraindicados durante a amamentação, assim como o tabagismo, porque podem passar para o leite substâncias prejudiciais.Quanto ao consumo de bacalhau, pode-se vincular pelo facto de ao ser salgado vai “inconscientemente” aumentar o consumo de líquidos água, que por sua vez vai ser necessário para a produção de leite.
  • A mãe que amamenta não pode comer couves, leguminosas, chocolates, café́, citrinos, morangos ou tomates, entre outros alimentos, porque isso provoca cólicas ao bebé ou outros problemas
    Deve fazer uma alimentação variada, com todos os tipos de alimentos (leguminosas, batata doce, cereais integrais , queijo, ovos, carne, peixe…), preferindo uma dieta de baixa carga glicêmica.

A preocupação que deve ter é estar atenta às reações do seu bebé. Se apresenatar qualquer tipo de reação indesejada (choro, cólica, diarreia, pele), pode optar por dois caminhos:

Perceba se a quantidade que você ingeriu foi em excesso e em várias refeições, se sim, pode começar por reduzir a quantidade de consumo

Evitar esse alimento durante uma semana e observar como o bebé se comporta, se ele melhorar , pode evitar durante a fase de amamentação.

Em jeito de resumo o que está na realidade comprovado cientificamente é o aumento da produção de leite consoante o estimulo que recebe pelas mamadas ou extração do leite.

Por  Neide Rangel – Nutricionista Healthy Mommy,
para Up To Kids®

Todos os direitos reservados

1 thought on “Nutrição e amamentação: Factos e mitos

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.