Massagem Terapêutica para Crianças com Necessidades Especiais: Perturbação do Espetro do Autismo

O toque tem na criança benefícios quer a nível físico e emocional, quer a nível social e cognitivo e é essencial para o crescimento e desenvolvimento saudável da criança, pois as que são privadas ao toque no início do seu desenvolvimento apresentam um crescimento e bem-estar emocional comprometido. É muito importante como forma de comunicação e adaptação do bebé ao mundo exterior e com os outros, facilitando assim a estabilidade do sistema nervoso central e a regulação da relação entre o cuidador/terapeuta e o bebé.

A massagem terapêutica, devido ao toque, promove a libertação de hormonas e neurotransmissores que acarretam melhorias ao nível da saúde positiva e mental. Estas substâncias neuro químicas são importantes ao nível cerebral, aumentando os sentimentos positivos e o humor, tal como a excitação e a atenção, que vai influenciar a própria avaliação dos estímulos externos que envolvem o toque.

Mas será que já parou para pensar que benefícios a massagem terapêutica pode ter para as crianças com PEA, que é vista como perturbação do neurodesenvolvimento, sendo que compreende alterações ao nível da comunicação, ao nível da interação social e do comportamento? A realidade é que a massagem é uma intervenção sensorial, que proporciona benefícios psicológicos e fisiológicos, quer para crianças com desenvolvimento típico, mas também para crianças com deficiência, como crianças com PEA.

A massagem terapêutica pode ajudar a criança com PEA a acalmar a ansiedade, a melhorar o contato visual, as vocalizações e a atenção, resultados estes que podem ser observados durante e após a massagem, através de um conjunto de técnicas, como é o caso de pressão profunda, utilização de objetos maleáveis, ou através de movimentos ritmados e balançados (e.g. numa rede ou plataforma).

Tendo em conta as várias queixas, doenças ou patologias, e de encontro aos efeitos que cada massagem oferece, existem alguns tipos de massagem mais indicadas para as crianças com PEA:

  • Qigong Massage ou Massagem Qigong, que é uma massagem focada na compreensão de certos pontos do corpo de modo a permitir um fluxo de energia entre eles.
  • Massagem tradicional tailandesa, que está relacionada com Yoga, contudo utiliza princípios do Shiatsu e da relaxação. Consiste em relaxar o corpo e estimular a energia do mesmo, tendo em conta pontos específicos, estimulando os músculos, a circulação e a flexibilidade. É eficaz na redução de comportamentos estereotipados, responsável pelo aumento da atenção em contexto sala de aula e menos agitação motora. Esta massagem pode aumentar a comunicação não-verbal, e fazer com que as crianças fiquem mais relaxadas e mais tolerantes ao toque.
  • Shiatsu é um tipo de massagem em que se utiliza a pressão dos dedos no corpo, e que tem como objetivo o equilíbrio funcional dos órgãos, bem como atuar como agente preventivo nas doenças.

Compreendido de maneira resumida de que forma a massagem terapêutica, e algumas técnicas específicas podem ser um meio de intervenção recheado de benefícios para as crianças com PEA, importa agora apresentar o impacto positivo que este meio de intervenção apresenta para diversas características base desta perturbação:

  • Comportamentos Estereotipados: Ainda não são muitos os estudos que referem estes benefícios causa-efeito, mas já são relatados casos em que a massagem terapêutica apresenta melhorias ao nível dos comportamentos estereotipados das crianças com PEA, essencialmente na sala de aula e no recreio, o que levou a um aumento da atenção e um menor nível de agitação motora. Deve ser uma massagem com uma pressão moderada de cinco regiões do corpo da criança, na seguinte ordem: braços, mãos, pernas, região abdominal e costas.
  • Comportamento Social e Comunicação: Principalmente a massagem Qigong, duas vezes por semana ao longo de dois períodos de cinco semanas e entre eles, um mês de intervalo, traz benefícios para as crianças com PEA, nomeadamente o desenvolvimento do contacto ocular, aparecimento do sorriso e melhoria da interação social da criança. Verifica-se igualmente efeitos positivos nas interações sociais, com respostas mais adequadas a movimentos e maior disponibilidade para novas atividades. De um modo mais específico, e como já foi referido, as crianças com PEA têm características a nível da comunicação que se manifestam muitas vezes através de uma linguagem diferente, e.g. desenvolvem balbucios, falam tardiamente, pronunciam apenas algumas frases ou palavras, ecolália e uma linguagem idiossincrática. A massagem tradicional tailandesa permite ajudar estas crianças estimulando a comunicação verbal e não-verbal, de modo a proporcionar uma maior interação com os outros. De modo a estimular a comunicação não-verbal, a literatura sugere o Shiatsu.
  • Apego pai-criança – Attachment: O attachment é caraterizado pela busca e manutenção de proximidade, bem como a reciprocidade das trocas verbais e não-verbais, com a sensação de que são geralmente positivas, sendo esta uma das dificuldades em crianças com o PEA. São já alguns estudos com crianças com esta perturbação, que verificaram que a massagem terapêutica pode melhorar a ligação emocional e o apego pais e filho. Através de uma terapia com do toque, os pais sentem essencialmente um aumento de proximidade com os seus filhos, sendo que estes começam a ser mais recetivos ao toque. Mais focado na relação mãe-criança, verifica-se que após programas de massagem terapêutica as crianças aumentam significativamente o apego com a mãe, nomeadamente pelo facto de responderem e obedecerem a ordens da mãe, sorrirem ou rirem quando a mãe se aproximava, e por expressarem interesse pelo contacto com a mãe. As mães também começam a demonstrar um contato mais apropriado, a nível físico e afetivo, existindo um maior envolvimento com criança através de vocalizações direcionadas, para além de ficarem mais conscientes dos sinais vocais e comportamentais da criança, após a massagem terapêutica.
  • Nível Sensorial: Após a intervenção com massagem terapêutica, as crianças apresentaram alterações significativas nas variáveis observadas, nomeadamente a aversão ao toque e a resposta a estímulos sensoriais. Com a massagem Qigong, verifica-se que as crianças que receberam este tipo de intervenção revelam uma resposta mais adequada a diferentes sensações, uma autorregulação comportamental mais adequada e existem melhorias em todos os 5 sentidos.
  • Alterações no Sono: Outros dos benefícios que a massagem terapêutica parece ter para crianças com PEA, é ao nível de problemas no sono, que normalmente estas crianças apresentam. Existem mudanças nos problemas de sono, em que as crianças apresentam níveis mais baixos de agitação, de grito e levantam-se menos vezes da cama durante a noite. É de salientar, que estas melhorias ao nível do sono podem derivar do aumento da atividade do parassimpático, tipicamente observado após a massagem terapêutica.

De forma geral, para serem verificados resultados é aconselhável que sejam realizadas sessões bissemanais. Assim, pais, terapeutas e a todos os interessados, explorem as técnicas de massagem terapêutica com as vossas crianças com PEA, e descubram os benefícios que esta pode trazer na vossa vida diária. Assim a massagem terapêutica trará múltiplos benefícios para estas crianças, comprovados pela literatura e pelas opiniões dos profissionais. No entanto, são ainda necessários mais estudos, e recentes, que possam de certa forma clarificar melhor os benefícios que massagem terapêutica realmente promove na referida população.

De forma conclusiva, importa realçar, que o facto de a massagem levar a um aumento da resposta da criança com PEA e a uma estimulação social, pode facilitar a ligação com a mãe. Ou seja, através de um melhor apego e resposta à estimulação do outro, o comportamento social da criança também pode melhorar e, finalmente mostrar declínios dos comportamentos típicos da PEA.

 

Por Mariana Silva psicomotricista da Horas de Sonho, apoio à criança e à família,
para Up To Kids®

Todos os direitos reservados

Surgiu de uma iniciativa da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa,em 2002.
Apoio à Criança e à família

A Horas de Sonho é um Negócio Social Sustentável (cooperativa de solidariedade social), que engloba diversos serviços de apoio à criança e à família, adequados aos diversos ciclos das suas vidas.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  1. Adorei a matéria. Quero muito fazer a massagem qigong na minha neta autista. Ela tem 8 anos.moro no rj.onde teria pessoas habilitadas para fazer a massagem? Grata

    • Boa tarde Srª Suely

      Eu estou em Portugal e aqui as coisas ainda estão pouco desenvolvidas nesta área. Apesar de a massagem já ser feita em alguns centros ligados à medicina chinesa, não existem respostas para crianças com autismo. Infelizmente não sei como está no brasil, mas pode tentar pesquisar centros de medicina chinesa ou procurar por instituições específicas para autismo.

      Muito obrigada