image@shutterstock

Síndrome de Pais Acabados (SPA)

Síndrome de Pais Acabados (SPA): Um estado em que um dos pais está de tal forma perturbado pelos  filhos ao ponto de só querer gritar, fugir, falar noutras línguas, enviar a criança infratora para Abu Dabi, ou começar a beber . Esta condição generalizada de descrença é muitas vezes caracterizado por sangue a ferver, veias a pulsar na testa, aparecimento de cabelos brancos, perda completa de palavras ou ações, exaustão, e uma crise existencial aguda e abrangente.

As causas podem incluir, mas não estão limitados apenas às seguintes experiências parentais:

1) Crianças que perguntam: “porquê?” Continuamente por mais de 30 minutos.

2) Crianças que alegam ter garras depois de verem um filme com o  Wolverine e fazem 173 tentativas de usá-las nas pessoas, nos móveis, no carro, na comida, na mesa, nas pilhas de roupa, na mãe e no rabo do pai cada vez que passam por eles.

3) Crianças que exigem comer alguma coisa, porque estão cheias de fome, mesmo que se tenham recusado a tomar o pequeno almoço, almoço, ou jantar porque estavam “cheias” há menos de 10 minutos atrás.

4) Disputas entre Irmãos.

5) Ciúmes de irmãos.

6) A rivalidade entre irmãos.

7) Irmãos. Ponto Final. (Bolas!)

8) Crianças que fazem intencionalmente sons estranhos ou nojentos com a boca e que incluem lamber, cacarejar, bater, chupar, ou um repetitivo “pop”.

9) Crianças a correr – geralmente completamente nuas enquanto simulam sons de sirenes descontroladas e não param, mesmo após o já conhecido aviso do “Vou contar até 3

10) Crianças com respostas insolentes

11) Atitudes insolentes perante o castigo

12) Crianças que fogem do castigo

13) Dizer à mãe ou ao pai que o castigo é estúpido.

14) A súbita incapacidade de seguir as instruções durante a hora de ir dormir.

15) Crianças que usam o batom da mãe no livro novo que acabou finalmente de chegar do Amazon há duas horas atrás

16) Usar lápis de cera para desenhar riscas de tigre na cara, exactamente no momento que iam sair, e já atrasados, para uma consulta.

17) Entornar “acidentalmente” metade do leite com chocolate no sofá porque o cão gosta mesmo daquele miminho.

18) Crianças que, de repente, começam a espernear, implorar, gritar, berrar, chorar, lutar, lamentar-se, falar alto, porque perceberam que está um iphone em cima da mesa  e querem muito pegar-lhe.

19) Crianças que se recusam a entrar e a sentar-se no carro

20) Crianças que se recusam a tomar banho.

21) Crianças que se recusam a comer.

22) Crianças que se recusam a fazer qualquer coisa que a mãe ou o pai lhes tenha pedido, exigido, ou irracionalmente implorado.

É recomendado o tratamento imediato através de uma abordagem holística parental tradicional.
As Terapias mais eficazes incluem:

  1. Saída à noite!
  2. Comer grandes quantidades de gelado, pipocas, batatas fritas, ou chocolates, no silêncio da noite.
  3. Beber vinho na banheira depois das crianças terem ido para a cama. Inclui: o uso de espuma, revistas, Candy Crush, e de preferência à luz de velas para efeito mais completo.
  4. Desabafo numa rede social.
  5. Largar uns palavrões longe dos ouvidos dos miúdos
  6. Culpar o cônjuge, a sociedade, ou os avós para a criação de tais monstros.
  7. Repetir várias vezes o mantra: “Isto é só uma fase”

Enquanto o fenómeno da Síndrome de Pais Acabados (SPA) é amplamente divulgado, os casos apresentam variações muito disparas, com base na experiência individual. O investigador recomenda a criação de laços afectivos fortes, encarar os sintomas com humor dando sempre o benefício da dúvida à criança e o estabelecimento de uma relação saudável para o total açambarcamento livre de culpa de todo o chocolate escondido na lavandaria.

Estágios avançados de SPA são muitas vezes expressos como os primeiros sintomas da Síndrome do Ninho Vazio.
É também usual os últimos estágios de SPA apanharem os primeiros de uma Crise de Maia idade, e muitas vezes desenvolver-se um diagnóstico tardio ou errado. Para obter mais informações, consulte o Anexo A, que descreve as várias maneiras em que os pais expressam sua raiva por falta de higiene e de vestuário adequado.

Por Sarah Cottrell, para Scary Mommy,
traduzido e adaptado com autorização por Up To Kids®,

Todos os direitos reservados

Revista digital destinada a pais e educadores de crianças incríveis! 😀
Digital Magazine , Up To KIds

Contamos com mais de uma centena de especialistas que produzem conteúdos na área da saúde, comportamento, educação, alimentação, parentalidade e muito mais.  Acreditamos em Pais reais, com filhos reais. 

Gostou deste artigo? Deixe a sua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.