14 receitas naturais para as maleitas dos nossos filhos

14 receitas naturais para os males dos nossos filhos

Os primeiros anos de vida de uma criança trazem uma série de desafios aos (novos) pais, sejam pais de «primeira viagem» ou não. Muitos sentem necessidade de apoio e informação em vários aspetos que dizem respeito ao bebé, desde o dormir à nutrição, passando por outros temas como dentição,  tratamentos e remédios básicos.

A proposta que apresentamos, numa altura em que cresce o número de pessoas que procuram alternativas mais naturais em vários aspetos do dia a dia, é um conjunto de tratamentos básicos e remédios que se podem fazer a partir de casa – mezinhas, portanto, pois são relativamente simples de fazer e com recursos que geralmente existem em casa.

Nota: Para compressas recomenda-se o uso de tecidos de fibras naturais (lã, flanela, musselina, algodão). Vai precisar ainda de saco de água quente ou os já famosos saquinhos de caroços de cereja.

O óleo essencial biológico de alfazema poderá ajudar em vários aspetos, desde o proporcionar mais tranquilidade através de uma massagem nos pés, ajudar a dormir, baixar a febre quando friccionado no tórax, ou aliviar a dor de ouvido quando massajado ao redor do mesmo.

2. Cólicas

Aplicar óleo vegetal (eventualmente com 1 gota de óleo essencial de alfazema) amornado nas palmas da mão sobre a barriguinha do bebé, fazendo a massagem «I Love You» (como na imagem). Por fim aconchegar o bebé com almofadas de caroços de cereja mornas na barriga para descontrair os músculos e permitir o relaxamento.

colicas

3. Contusões, abcessos, sinusite, fraturas, queimaduras

Emplastro de batata

Misturar batata ralada (sem casca) com folhas verdes esmagadas (por exemplo alface, agrião, ou espinafre), na proporção de 50/50. Adicionar farinha branca até formar uma pasta. Aplicar diretamente sobre a pele e cobrir com uma ligadura ou toalha de algodão. Manter entre 2 e 4 horas.

4. Dores abdominais, diarreia

Emplastro de sal

Aquecer sal numa frigideira. Quando estiver bem quente, embrulhar o sal numa toalha turca e aplicar na área afetada. Manter o emplastro até arrefecer.

5. Dores da dentição

Dar ao bebé algo duro para roer como uma cenoura, por exemplo, ou aplicar um bálsamo de camomila, água termal, alteia.

bebe-cenoura
6. Dores de estômago

Compressa de camomila  

Adicione algumas gotas de óleo de camomila num pequeno pano de algodão, aqueça o pano num saquinho de plástico entre dois sacos de água quente. Aqueça também um pano de flanela. Remova a compressa quente do saquinho de plástico e coloque-a sobre o estômago cobrindo com a flanela e embrulhando-a à volta da barriga. Pode manter durante 1 hora ou mais.

7. Dores de ouvido

Nota: Caso a criança passe frequentemente a mãozinha na região do ouvido, em vez de pressionar a cartilagem anterior da orelha, deve suspeitar-se mais de infeção na boca do que de dor de ouvido.

Saquinho de cebola

Cortar ½  cebola aos pedaços, embrulhar num tecido ou num saquinho e colocá-lo no ouvido da criança. Poderá manter o saquinho com um gorro. A cebola pode ser levemente aquecida (dentro do saquinho)  através do vapor de água quente, de modo a ser mais agradável para a criança.

8. Dores na região do tórax

Quando há irritação da mucosa das vias respiratórias, geralmente ocorre dor ao tossir e ao respirar. Pode aliviar-se a dor com vaporizações quentes, chá para tosse adoçado com mel (conforme idade da criança) e aplicando compressas de óleo no tórax (óleo de alfazema, de eucalipto ou pinho, devidamente diluídos em óleo de sésamo ou azeite).

 

9. Febre alta

Compressa de limão

Esmague ½  limão numa taça grande com água quente. Embeba uma gaze na água com limão, sacuda-a cuidadosamente e embrulhe-a em torno dos pés da criança, até aos joelhos. Antes de arrefecer, seque a criança e mantenha os pés quentinhos com meias de lã.limao

 

10. Hemorragia nasal

Colocar a criança sentada numa cadeira, com o tronco direito e a cabeça levemente inclinada para a frente. Fechar as narinas na zona onde não há osso, pressionando. Após 5 minutos (contados no relógio) soltar, fazer a criança assoar o nariz e verificar se ocorre novo sangramento. Se após 10 minutos a hemorragia perdurar, consultar um médico.

hemorragia-nasal

11. Nódoas negras

Aplicar pomada de arnica, rodelas de batata, compressas de vinagre, folhas de couve.

Olhos inflamados ou nariz congestionado

Limpar com chá de camomila morno.

cha-de-flores-camomila

12. Piolhos (desmistificando este tema tão… simpático)

Óleos de citronela, alfazema, tea tree (árvore de chá/melaleuca), eucalipto, gerânio e alecrim. Podem combinar-se 2  gotas de cada óleo, devidamente diluídos num óleo vegetal base (sésamo, azeite…), com muita precaução pois os óleos essenciais são altamente concentrados; não aconselhável em crianças muito pequenas.

13. Processos inflamatórios (constipações, inchaços, febre, queimaduras de 2º e 3º graus)

Emplastro de tofu

Espremer o tofu, se tiver muita água, e esmagar (de preferência num almofariz). Juntar farinha para ligar (10 a 15%). Se quiser, junte uma pitada de gengibre fresco ralado. Coloque o emplastro com uma espessura de cerca de 1 cm num pano de algodão, enrole o pano e aplique sobre a pele, no máximo durante 2h.

Tofu

14. Queimaduras ligeiras

Manter a ferida húmida com compressas com arnica, ou com uma solução de 2 colheres de sopa de bicarbonato de sódio em 1L de água fria.

arnica

Esta é apenas uma «compilação» de alguns cuidados domésticos, que podem ser usados em situações relativamente simples. Como se costuma ouvir, em casos de situações graves ou persistência dos sintomas, consulte o seu médico ou farmacêutico!

Convém lembrar, também, que quando a criança está doente, deve ficar de repouso ao máximo, dormir bastante, e claro, ter muitos miminhos dos pais.

2 thoughts on “14 receitas naturais para as maleitas dos nossos filhos

Comments are closed.