carnaval-sustentavel

carnaval-sustentavel

Carnaval Sustentável

As crianças criam e vivem muitas histórias, encarnam personagens como ninguém, com ou sem fatos, com mais ou menos recursos. E fazem-no diariamente. Porque o Carnaval, como costumamos falar do natal, é quando uma criança quiser.

No dia-a-dia, são precisas muita compreensão e doses extra de paciência perante uma criança que de repente entra no quarto aos rugidos para nos atacar, porque está a representar um leão. Afinal, será que um leão pode agir de outro modo, senão precipitando-se aos rugidos sobre a sua presa? Ou a menina que não quer vestir o impermeável nem as galochas num dia de chuva, porque é uma princesa e «tem» de usar aquele vestido de baile?

No Carnaval, pelo menos, têm mais espaço para poder representar as personagens, para “brincar ao faz-de-conta”. Porque é a brincar que as crianças desenvolvem a sua criatividade e imaginação, incentive o seu filho/a a ser mais original e o melhor de tudo, participe também!

Deixe as regras de lado. Afinal, a menina não tem de ser obrigatoriamente uma personagem feminina, ou o rapaz o herói. E por que não criar uma máscara coletiva? Com um lençol verde, por exemplo, pode criar uma lagarta de crianças. Basta abrir espaços laterais e em cima (ao longo do lençol) para que a criança coloque os braços e a cabeça. Ou, com a mesma técnica, criar uma centopeia num grande lençol escuro.

Aproveite a brincadeira – coisa séria! – e dê um passo à frente. Torne este Carnaval mais sustentável – para a sua carteira e para o planeta – utilizando recursos que já tenha em casa para criar fatos e máscaras. Vai precisar de tecidos, garrafas de plástico, caixas de cartão, e com papel pode usar técnicas de origami para compor o ramalhete.

Quanto às tintas e à maquilhagem, que ajudam a compor (ou compõem per se) a máscara/personagem, venham elas. Mas evitem-se as reações alérgicas e outros dissabores: procure tintas vegetais para as pinturas faciais ou corporais e, para as princesas, existe maquilhagem biológica, e até vernizes sem tolueno ou cânfora. Existem também produtos de styling para cabelo que não o estragam, ou cremes de corpo com brilhantes que mantêm a pele saudável, sem químicos nocivos.

Deste modo, para além de ser mais sustentável, a probabilidade de haver reações alérgicas é quase nula.

E se, de repente, aproveitasse o fim de semana prolongado e desse uma festa de Carnaval também para adultos? Já não são crianças mas o direito à diversão também existe. Divirtam-se, dêem asas à imaginação e criem memórias, em família!

LER TAMBÉM…

12 fatos incríveis de última Hora para o Carnaval

30 máscaras de Carnaval para fazer com Tule

Brincar ao Faz de Conta

 

imagem@growingplaces.us

Instagram did not return a 200.