Dicas para um Natal ecológico em família.

Dicas para um Natal ecológico em família

Um Natal “verde” vai para além do oferecer presentes ecológicos, o que já é um excelente ponto de partida. Está sobretudo nas nossas ações conscientes.

Feche o ano com chave de ouro: aposte na criatividade para fazer mais com menos.

Escolheu mimos biológicos e ecológicos para oferecer aos que mais ama? Fabuloso. Agora, imagine que consegue seguir essa linha nas várias vertentes que englobam esta época e imbuir o espírito em toda a família?

Para lhe servir de inspiração, pode experimentar algumas ideias (exequíveis) para ter um verdadeiro eco-Natal. Recomendação: pode e deve experimentar isto em casa.

  • Comércio justo

Compre produtos de comércio justo. Assim está a ter um Natal mais ecológico em casa e a contribuir para uma vida mais justa para os trabalhadores que produzem o presente que vai oferecer!

 

  • Brinquedos de qualidade

Escolha brinquedos feitos de material reciclado. As crianças não precisam de ter muitos brinquedos: escolha apenas um, mas que seja bom. Que tenha qualidade elevada, que não tenha tintas tóxicas, que se adeque à fase em que está. E, numa linha ecológica, opte por brinquedos que não gastem energia (pilhas ou eletricidade). Ofereça um brinquedo ou jogo educativo, que apele à imaginação da criança, e claro, que não promova a violência.

Dicas para um Natal ecológico em família

  • Árvore de Natal

Pinheiro de Natal sim, mas verdadeiro, por favor. As árvores de Natal de plástico duram mais tempo? Teoricamente sim, mas além de, na maioria das vezes, serem deitadas no lixo após algum uso devido ao seu aspeto gasto, provêm do petróleo (PVC), que liberta toxinas – algo que não vai querer por perto, muito menos nesta época. Por sua vez, um pinheiro verdadeiro pode ser replantado num vaso e durar o ano inteiro em casa – para quem lida com crianças,  entende o incrível que é para uma criança ver a árvore a crescer tal como ela.

E quando já não puder manter a árvore em casa, pode sempre replantá-la na floresta mais próxima. Certamente não levará anos a desfazer-se, como as de PVC. Pelo contrário, pode até crescer.

Uma ótima opção é a iniciativa de cariz solidário Pinheiro Bombeiro. 

“Alugar um pinheiro de Natal dos verdadeiros, e ajudar os bombeiros. O projeto permite alugar pinheiros que tiveram de ser cortados na limpeza de matas e prevenção de incêndios e que podem agora ter uma segunda vida em decorações de Natal.” . Observador

  • Embrulhos

Será que precisa de comprar papel de embrulho? Talvez não. Quem sabe descobre papel que serviu para embrulhar outros presentes, ou algo mais criativo como um mapa, um cartaz, um jornal, papel reciclado, papel de seda embrulhado em forma de rebuçado…

Sempre que possível, substitua a fita-cola dos presentes por fitas de tecido.

E por falar em tecidos, e se embrulhasse um presente com um pano bonito? Sim, com tecidos…! Os japoneses têm um nome para esta técnica: furoshiki.

Dicas para um Natal ecológico em família

  • Decoração de Natal

Uma casa decorada com gosto anima qualquer pessoa nesta quadra festiva, mas também estes pequenos ornamentos podem ser amigos do ambiente. Pode conseguir vários apontamentos natalícios para decorar a casa ou o pinheiro de Natal, através de elementos naturais como laranjas perfuradas com cravo-da-índia, pinhas, bagos vermelhos, ramos de pinheiro e azevinho ou paus de canela.

Quanto às velas, tão populares especialmente nesta época, escolha as de cera de soja ou de cera de abelha e biológicas, que não libertam toxinas.

Dicas para um Natal ecológico em família

  • Luzes

Se gosta de luzes na árvore de Natal ou nas janelas, opte por lâmpadas LED que são mais económicas, e desligue-as quando não forem necessárias.

  • Amigo secreto. Ou melhor: familiar secreto

Faça uma espécie de amigo secreto entre a família e amigas/os. Junte-os, coloque o nome de cada um num saco e depois é descobrir a quem vai oferecer o presente! Reduz a lista para uma pessoa, além de que não só é económico como tem muito mais graça ver a expressão de cada um ao tirar um papel com o nome do «amigo-secreto».

  • Postais de Natal

Em vez de comprar postais, faça os seus próprios postais ou cartões de Natal. Existem inúmeros vídeos na internet onde pode aprender a fazer postais criativos com a técnica de scrapbook, por exemplo.  Se não lhe for viável esta opção, que tal oferecer postais de Natal que apoiam causas de solidariedade social?

  • Ceia de Natal com todos

Surpreenda todos com uma ceia de Natal deliciosa, com produtos frescos e provenientes de agricultura nacional, biológica, tanto quanto possível, incluindo os sumos para os mais pequenos, os vinhos e os doces.

  • Receitas

De forma a não exacerbar a azáfama típica que antecede a grande noite de Natal, faça por aproveitar os bons momentos, selecionando apenas receitas boas mas simples de preparar. Muitas mamãs chegam a ficar ansiosas ao antever a quantidade de doces que poderão ser  oferecidos aos seus bebés, que ainda mal iniciaram os sólidos.

Que tal experimentar uma receita básica de pudim sem ovos e pouco doce?

A receita é mesmo simples:

  1. Adicione 1 colher de sopa de araruta (arrow root) por cada chávena de líquido (seja leite de arroz, de soja, de aveia ou outro).
  2. Aromatize a gosto com raspas de limão ou laranja, vagem de baunilha, banana madura…
  3. Leve ao lume até ferver e cozinhe até engrossar;
  4. Se quiser adoçar, faça-o com mel de arroz ou mel comum. Adicione 1 colher de sopa (eventualmente mais) por cada chávena de líquido.
  5. Verta a sobremesa para uma taça e deixe arrefecer. Depois, poderá polvilhar com canela.

No fim da festa, já depois de estarem restabelecidos e ainda em modo alegria, poderá juntar as crianças para fazerem o jogo da reciclagem: separem o papel de embrulho e as fitas que podem ser reutilizadas e coloque o restante papel, caixas e embalagens no seu respetivo ecoponto.

Aproveite bem o tempo com a sua família e…

Feliz Natal!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Instagram did not return a 200.