Venha o que vier, aconteça o que acontecer…

Até à altura tinha estado tudo bem e nunca me passou pela cabeça que pudesse haver algo de errado com as análises de sangue do 1º trimestre de gravidez.
Percorro a lista infindável de resultados e as imunidades para o Citomegalovírus (CMV) estão reactivas.
O coração dispara! Lembro-me vagamente de que o CMV é um vírus complicado. Faço uma pesquisa rápida na net e tudo o que leio me alarma ainda mais.
Surdez, cegueira, paralisia cerebral, deficiências profundas e morte… Choro! Porquê? Porquê o meu bebé?
É necessário fazer outra análise complementar para datar a infecção.
Quase 2 semanas à espera do resultado, tempo de angústia, mas também de esperança de que a infecção tivesse ocorrido antes de engravidar.
Abro o email com o resultado, enquanto as minhas mãos trémulas seguram o telemóvel e o chão desaparece sob os meus pés.
O pesadelo torna-se real e o medo assola todo o meu ser!
Infecção primária por CMV no 1º trimestre de gravidez! Qual a probabilidade de isso acontecer a uma grávida? Baixa, bastante baixa! Como é que foi acontecer-me a mim? Como estará o meu bebé e como é que será afectado? O meu bebé tão desejado pode não estar bem! Não acredito! Choro, revolto-me, mas apanho os pedaços do meu coração desfeito e sigo em frente.
Leio tudo o que encontro sobre o assunto, e tento seguir o mais naturalmente possível com a gravidez.
Uma gravidez que decorria como qualquer outra e que de um momento para o outro passou a ser de risco e hipervigiada.
Cada ecografia é um stress, mas também uma pequena vitória!
Vou ter uma menina! Outra princesa para completar o meu mundo rosa!
Única e especial! A cada pontapé, a cada movimento, as certezas aumentam.
És minha e sejam quais forem as tuas limitações, provocadas por este vírus maldito e silencioso, para mim serás sempre perfeita!
Amniocentese feita e fico a saber que o vírus passou a placenta. Não há nada a fazer! É esperar que desta vez as probabilidades estejam a nosso favor.
Ecografias e mais ecografias e tudo parece estar bem.
9 de Março de 2015, 19h48! O tempo pára! Abraço-te pela primeira vez! Naquele momento, nada mais interessa a não ser sentir-te.
És minha!
És linda e serás sempre perfeita!
Venha o que vier, aconteça o que acontecer…
Por AFF, do Blog Mães que muitas

Sugerido para Up To Kids®
Todos os direitos reservados
imagem@hospitalvillalobos

Revista digital destinada a pais e educadores de crianças incríveis! 😀
Digital Magazine , Up To KIds

Contamos com mais de uma centena de especialistas que produzem conteúdos na área da saúde, comportamento, educação, alimentação, parentalidade e muito mais.  Acreditamos em Pais reais, com filhos reais. 

Gostou deste artigo? Deixe a sua opinião!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Verified by MonsterInsights